1 evento ao vivo

Motivada, Jaqueline volta à Seleção e admite favoritismo por Londres

8 mai 2012
12h18
atualizado às 12h56
Allan Farina
Direto de São Carlos (SP)

A Seleção Brasileira está em São Carlos em busca do título do Pré-Olímpico Sul-Americano feminino de vôlei, campeonato que assegura presença nos Jogos de Londres somente ao campeão. A equipe do Brasil teve sua primeira oportunidade de se classificar durante a Copa do Mundo do Japão, em 2011, mas o quinto lugar afastou o time das três vagas.

» Ronaldinho? Júlio César? Escolha quem você levaria para a Olimpíada
» Veja quais são os brasileiros classificados para Londres

Na competição disputada no país asiático a Seleção contou com um importante desfalque: a ponteira Jaqueline acompanhou a Copa do Mundo do Brasil enquanto se recuperava de lesão sofrida nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Agora a atleta está de volta e se diz totalmente motivada para confirmar presença em Londres em busca do bi olímpico.

"Muito motivada. Acho que infelizmente não tive a oportunidade de participar da Copa do Mundo, mas as meninas estavam lá. Tentaram o máximo, mas não conseguiram. Agora é a segunda chance, então vamos fazer nosso trabalho direitinho aqui como a gente vem fazendo que tenho certeza que tudo vai dar certo", disse Jaqueline.

A ponteira lembrou sobre como foi ver a Copa do Mundo de casa somente como uma torcedora, apesar de ter colaborado com a Seleção Brasileira por meio de mensagens de apoio. Para o Pré-Olímpico, porém, a ajuda de Jaqueline será em quadra.

"Foi difícil, porque eu sabia que estava superpreparada para jogar, ajudar a equipe, mas fatalidades acontecem. Nós estamos propícios a isso diariamente. Tentei manter minha cabeça no lugar. Assisti, acompanhei, falava com as meninas. Era o máximo que podia fazer de tentar estar com o grupo de alguma maneira, de alguma forma. Mas vamos em busca do meu objetivo maior que é aqui agora em São Carlos, o Pré-Olímpico", afirmou.

Jaqueline ainda falou sobre a situação da Seleção no Pré-Olímpico. A jogadora admitiu que na teoria o Brasil tem o favoritismo, mas afirmou que se manterá atenta para evitar qualquer risco de zebra no torneio sul-americano.

"A gente sabe que todas as equipes teoricamente são inferiores ao Brasil, mas se a gente vacilar em qualquer coisa... Elas vêm sem responsabilidade, a responsabilidade é toda nossa. Ainda mais jogando em casa. Então a gente tem que fazer nosso trabalho muito bem feito", disse.

"É um caminho duro, querendo ou não. A gente tem uma responsabilidade muito grande e isso aí não é legal, jogar com uma responsabilidade tão grande assim. Mas é manter a cabeça no lugar, o foco muito grande. Cada jogo é sempre uma dificuldade. Mas tenho certeza que esse grupo vai conseguir", acrescentou Jaqueline.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Fonte: Terra
publicidade