0

Norte-coreano é ouro com recorde mundial no halterofilismo

30 jul 2012
18h43

O norte-coreano Un Guk Kim conquistou a terceira medalha de ouro da Coreia do Norte nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Nesta segunda-feira, ele quebrou o recorde mundial do halterofilismo na categoria até 62 kg, ao levantar 327 kg, e garantiu o ouro da prova.

» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

O ouro de Un Guk Kim é o segundo da Coreia do Norte no halterofilismo, já que no domingo Yun Chol Om venceu a prova para atletas de até 56 kg e também definiu novo recorde mundial.

Nesta segunda-feira, a medalha de prata foi para o colombiano Oscar Albeiro Figueroa Mosquera, que levantou 317 kg nas somatórias de arranque e arremesso. O indonésio Irawan Eko Yuli empatou com a marca do sul-americano, mas pelos critérios de desempate acabou com o bronze em Londres 2012.

No arranque, modalidade em que o atleta deve levantar o peso em um só movimento, Un Guk Kim alcançou a marca de 153 kg, estabelecendo novo recorde olímpico. No arremesso, em que coloca os halteres acima da cabeça com dois movimentos diferentes, o norte-coreano conseguiu 174 kg. A somatória de 327 kg é o novo recorde mundial.

O país comunista ainda tem um bronze, na prova feminina de até 48 kg, com Chun Hwa Ryang. A China, com dois ouros e uma prata, é a nação com melhor desempenho no levantamento de peso.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Mesmo com resistência da família, Jaqueline Ferreira se torna a primeira mulher brasileira na prova de levantamento de peso numa Olimpíada
Mesmo com resistência da família, Jaqueline Ferreira se torna a primeira mulher brasileira na prova de levantamento de peso numa Olimpíada
Foto: Cirilo Junior / Terra
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade