7 eventos ao vivo

Ouro nas duplas diminui pressão em Londres, afirma Federer

14 jun 2012
13h05
atualizado em 15/6/2012 às 09h39

Prestes a disputar a sua quarta Olimpíada, o suíço Roger Federer vai em busca de seu primeiro ouro na chave simples. Cobrado por nunca ter conquistado o título, o número 3 do mundo garante que o ouro nas duplas, atuando ao lado de Stanislas Wawrinka, em Pequim 2008, diminui a pressão na busca pelo topo do pódio nos Jogos de Londres 2012.

Ao lado de Stanislas Wawrinka, Federer foi ouro na Olimpíada de Pequim, em 2008
Ao lado de Stanislas Wawrinka, Federer foi ouro na Olimpíada de Pequim, em 2008
Foto: AP

» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

"Eu sinto menos pressão, porque já conquistei a medalha de ouro em duplas ao lado de Stan e me sinto muito orgulhoso por ter feito isso para a Suíça. Vai ser um grande torneio e espero curtir bastante, não apenas me colocando pressão e falando só sobre isso se não vencer", afirma, reforçando que aproveitar a oportunidade de disputar o torneio olímpico é mais importante que o título inédito.

"Estou muito motivado para jogar minha quarta Olimpíada, mas tenho convicção de que estarei mais relaxado por ir aos Jogos", admite. Federer, porém, ressalva que a busca pelo título não será deixada de lado. "Qualquer medalha vai ser muito bem-vinda, mas obviamente que no meu caso eu quero levar o ouro".

O suíço ainda comentou o fato de a disputa olímpica ter como sede o All England Club, em Wimbledon, onde conquistou seis Grand Slams.

"É evidente que a competição ser disputada lá ajudou Londres a ser escolhida como sede, mas não acho que necessariamente Wimbledon precisaria fazer parte, para ser honesto", conclui.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade