0

Phelps "renasce" e adolescente faz história; veja 3º dia de competições

30 jul 2012
23h44
atualizado em 31/7/2012 às 01h45

No dia da primeira grande polêmica dos Jogos Olímpicos de Londres, quando a sul-coreana Shin Lan teve que ser retirada aos prantos da pista de esgrima por não aceitar a perda da vaga na final da cetegoria espada, o nadador americano Michael Phelps "renasceu" e mostrou porque é o maior medalhista de ouro em uma única edição de Olimpíada (foram oito em Pequim 2008).

» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Longe dos holofotes depois de perder a final dos 400 m medley para o rival e compatriota Ryan Lochte, Phelps ficou em primeiro lugar na bateria em que disputou a vaga para a decisão dos 200 m borboleta. Depois de começar mal, ele se recuperou no fim da prova. No geral da eliminatória ele marcou o quarto melhor tempo, mas disse depois que está de volta à disputa por medalhas em Londres.

A natação também teve um acontecimento que vai entrar para a história dos Jogos Olímpicos. A lituana Ruta Meilutyte, apenas 15 anos, venceu a favorita americana Rebecca Soni na final dos 100 m peito e ficou com o ouro. A adolescente chocou o mundo ao bater a rival americana que é bicampeã mundial na prova e dez anos mais velha.

As mulheres do basquete dos Estados Unidos, favoritas ao ouro olímpico assim como os americanos do Dream Team, mostraram sua força ao vencer mais uma partida em Londres. Elas massacraram Angola, atual campeã africana, por 90 a 38. Outra favorita, a China também venceu. O placar foi de 83 a 58 sobre a Croácia.

Os EUA também foram bem no vôlei de praia. As atuais bicampeãs olímpicas, Walsh e May, bateram a dupla da República Checa formada por Slukova e Kolocova, por 2 sets a 0. Parciais de 21/14 e 21/17. Elas são apontadas como as principais rivais da dupla brasileira Juliana e Larissa pelo lugar mais alto do pódio.

Roger Federer, tenista número um do mundo, esqueceu o susto na estreia do torneio olímpico de tênis e venceu com tranquilidade o francês Julien Benneteau pela segunda rodada. Depois de fechar o primeiro set por 6/2, o suíço manteve o ritmo e repetiu o placar no segundo set.

No torneio feminino, a número um do mundo, a bielorrussa Victoria Azarenka venceu, mas passou sufoco contra a romena Irina-Camelia Begu, apenas a 79 no ranking mundial. Após vencer fácil o primeiro set por 6/1, a tenista perdeu o segundo por 6/3, mas confirmou a vitória com mais um 6/1.

As irmãs americanas Serena e Venus Williams também venceram. Serena está garantida nas oitavas ao derrotar a Urszula Radwanska por 2 sets a 0. Venus venceu sua primeira partida nos Jogos de Londres contra a italiana Sara Errani, por 2 sets a 0.

Na final masculina por equipes da ginástica artística, os chineses desbancaram o Japão e venceram. A equipe britânica, formada por Louis Smith, Max Whitlock, Daniel Purvis, Sam Oldham e Kristian Thomaz, fez história ao ficar em terceiro lugar e garantir o bronze, primeira medalha para o país em 100 anos na competição masculina de ginástica.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta comtextos,vídeos,, fotos participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Depois de ficar fora do pódio em final, Michael Phelps diz estar pronto para medalhar em Londres
Depois de ficar fora do pódio em final, Michael Phelps diz estar pronto para medalhar em Londres
Foto: Getty Images
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade