0

Rio anuncia campo de golfe de R$ 60 milhões para Jogos de 2016

7 mar 2012
15h08
atualizado às 16h49
Andre Naddeo
Direto do Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio de Janeiro e o comitê organizador dos Jogos de 2016 anunciaram nesta quarta-feira a construção do primeiro campo de golfe olímpico do mundo - a modalidade volta a ser disputada após uma ausência de 112 anos. A empresa Hanse Golf Course Design, com sede na Pensilvânia, nos EUA, foi a vencedora do concurso internacional e ficará responsável pela execução do projeto - orçado em R$ 60 milhões.

Autoridades estiveram presentes no local onde será construído o campo de golfe
Autoridades estiveram presentes no local onde será construído o campo de golfe
Foto: Andre Naddeo / Terra

O valor total da obra virá da iniciativa privada, uma vez que o dono do terreno, junto com uma construtora, terá como contrapartida a permissão por parte da Prefeitura do Rio para a construção de até 23 prédios comerciais e residenciais, de até 22 pavimentos, em 7% da área.

A legislação anterior limitava as construções em até seis andares - com a nova proposta, além de se ampliar o leque de apartamentos, a construtora terá ainda a prerrogativa de ter imóveis com vista para o mar. O terreno supera um milhão de metros quadrados e está localizado na reserva de Marapendi, próxima a lagoa homônima e ao mar, e ao lado do condomínio de luxo Riserva Uno, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital fluminense.

"Esta parceria faz com que o campo de golfe seja construído sem um tostão de dinheiro público", afirmou o prefeito Eduardo Paes, que assim como na última terça-feira, esteve acompanhado de membros do Comitê Olímpico Internacional (COI), e do presidente do comitê organizador dos Jogos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman.

O contrato tem validade de 25 anos e o campo de golfe será aberto ao público, de acordo com a Prefeitura, após a realização dos Jogos. Uma organização social mantida por outro grupo privado ficará responsável pela manutenção do local.

"Não há previsão para o início da construção. Estas datas estão começando de trás para frente. O campo de golfe tem um tempo importante de maturação da grama e tem a necessidade de que se inicie o mais rápido possível. Estamos entrando no período de detalhamento do projeto para depois, sim, assinar o contrato para a construção efetiva", explicou Paes.

O prefeito apostou ainda que, por mais que o golfe esteja longe de ser um esporte popular no Brasil, o turismo na cidade aumentará em função de se ter um campo modelo para uma modalidade popular em outros países. "Eu lembro quando estive em Phoenix (EUA), que é uma cidade que não se tem nada para fazer, mas eu percebi a quantidade de turistas por lá, que era enorme, justamente pelo fato da cidade ser referência em campos de golfe. Agora o Rio terá um campo de golfe olímpico, o primeiro do mundo", completou.

Parque dos Atletas aberto ao público

No compromisso seguinte ao anúncio do projeto para o campo de golfe, toda a comitiva com as autoridades do Rio 2016 se deslocaram até a Cidade do Rock, que a partir desta quarta-feira ganha o nome de Parque dos Atletas. O local onde ocorreu o Rock in Rio do ano passado e onde acontecerá a próxima edição, em 2013, servirá como local de lazer para a população e atletas durante as competições.

"Essa era uma área abandonada, degrada ambientalmente, e transformamos numa área de lazer, que as pessoas vão usar antes e depois das Olimpíadas. É uma população que não tem área de lazer, os moradores daqui, fora as áreas de condomínio, tinham que pegar um carro para ir até a praia, por exemplo, e agora, não", disse o prefeito.

O Parque dos Atletas é a segunda instalação a ficar totalmente pronta para 2016 - muito embora sua execução seja simples, uma vez que a área já estava delimitada e ordenada para a realização do Rock in Rio. O parque se junta ao Sambódromo - que também teve a sua reforma finalizada para o Carnaval, com a ampliação de capacidade para cerca de 70 mil pessoas. No local ocorrerão a disputas de tiro com arco e a chegada da maratona.

"Acredito que os membros do COI gostaram do que viram. Este ano vamos ter iniciado todas as obras, inclusive o Parque Olímpico. Aqui não é um paraíso na Terra, cada processo é difícil, mas o Rio e o Brasil está mostrando que pode entregar as coisas com competência e no prazo", completou Paes.

Londres 2012 no Terra

O Terra , maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Terra

compartilhe

publicidade
publicidade