2 eventos ao vivo

Técnico vê animação "acima da escala Richter" por time britânico

29 mar 2012
12h04

O técnico da seleção olímpica britânica, Stuart Pearce, está entusiasmado com os Jogos Olímpicos. O treinador acredita que o maior evento esportivo do mundo é uma oportunidade que não pode ser desprezada por jogadores locais com condições de integrar o time, ainda mais quando realizada no Reino Unido. As informações são do jornal The Guardian.

» Ronaldinho? Júlio César? Escolha quem você levaria para a Olimpíada
» Vote e eleja a mais bela atleta do Mundial Indoor de Istambul

Pearce, que também acumula interinamente o comando técnico da seleção inglesa, disse que jogar qualquer torneio em terra natal faz a animação do atleta subir "acima da escala Richter".

O técnico, ex-lateral-esquerdo da seleção inglesa, destacou sua participação na Eurocopa de 1996, na Inglaterra. Naquela competição, a equipe foi eliminada pela Alemanha, que chegaria ao título, nas semifinais. Para Pearce, a experiência foi uma das mais empolgantes de sua carreira.

As declarações do técnico foram feitas em meio a um ambiente de dúvidas sobre liberação de atletas para a Olimpíada por clubes de ponta e discussões acerca da participação de não ingleses na seleção britânica.

Nos últimos meses, as Federações de Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte mostraram receio de que poderiam perder autonomia caso seus jogadores integrassem o time.

Apesar disso, vários atletas desses países demonstraram interesse em disputar os Jogos, como os galeses Ryan Giggs, Gareth Bale e Aaron Ramsey, e o escocês Steven Naismith.

No início deste mês, o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, disse que as Federações de Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte devem incentivar seus jogadores a jogar pela seleção da Grã-Bretanha na Olimpíada.

Segundo a BBC, essas federações divulgaram também no início de março que não irão punir atletas que aceitarem a convocação para o time britânico que disputará os Jogos - o que não significa que concordem com a decisão dos jogadores.

O Daily Mail divulgou que a Federação do País de Gales já manifestou sua oposição em relação à participação dos atletas locais no time britânico.

Já Stewart Regan, dirigente da entidade escocesa, disse à BBC que os jogadores que disputarem a competição podem enfrentar reação adversa de torcedores.

Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte integram a Grã-Bretanha.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Brasileiro cria "volta olímpica" após ouro no salto triplo
Fonte: Terra
publicidade