0

Voluntário interrompe discurso e hostiliza primeiro-ministro

27 jun 2012
10h42
atualizado em 28/6/2012 às 09h52

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, foi hostilizado por um voluntário durante o discurso de celebrações para os Jogos Olímpicos de Londres. O chefe de estado falava para cerca de 200 voluntários em uma visita no leste de Londres para a distribuição de uniformes, quando um manifestante se aproximou e gritou "que vergonha David Cameron. Você está atrapalhando os pobres em Londres". Ele tentou continuar a fazer as reclamações, mas foi abafado pelas outras pessoas e foi conduzido a sair do local.

» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

O episódio embaraçoso aconteceu após o presidente do Comitê Organizador de Londres 2012, Sebastian Coe, ser recebido de pé e sob aplausos. Ele agradeceu pelo trabalho árduo feito pelos voluntários até agora.

Cameron, que estava de pé no palco, respondeu dizendo: "isto não é sobre política. Trata-se de Grã-Bretanha, é sobre o voluntariado, é sobre o nosso país. Trata-se de uma Olimpíada de sucesso".

Segundo o jornal inglês Guardian, o porta-voz dos Jogos de Londres disse que o voluntário não terá o seu nome divulgado e nem perderá o seu emprego. Para o porta-voz, "as pessoas são permitidas a dar as suas opiniões políticas. Mas o lugar era bastante inadequado."

David Cameron foi hostilizado durante evento ocorrido no leste de Londres
David Cameron foi hostilizado durante evento ocorrido no leste de Londres
Foto: AP
Fonte: Terra
publicidade