0
Logo do Olimpíada 2016
Foto: terra

Olimpíada 2016

Os anunciantes aqui reunidos não possuem relação com os Jogos Rio 2016 e patrocinam apenas este caderno especial.

Meta de despoluição da Baía de Guanabara não será atingida

23 jan 2015
17h22
atualizado às 18h18
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Meta de redução em 80% no lançamento de esgoto na Baía de Guanabara até Rio-2016 não será cumprida</p>
Meta de redução em 80% no lançamento de esgoto na Baía de Guanabara até Rio-2016 não será cumprida
Foto: Buda Mendes / Getty Images

Secretário de Ambiente do Rio de Janeiro, André Corrêa descartou a possibilidade de se atingir a meta de redução em 80% no lançamento de esgoto na Baía de Guanabara até os Jogos Olímpicos de 2016.

"Não vai acontecer", disse Corrêa. Ele acrescentou que isso não significa que a qualidade da água nas raias de competição de vela serão impróprias."Independentemente da meta chegar a 80% (os locais das provas) são os lugares da baía que têm melhor qualidade".

A meta fazia parte do caderno de encargos da Olimpíada do Rio e foi assumida pelos governos estadual e municipal com o Comitê Olímpico Internacional (COI). Corrêa disse não saber se o COI já foi informado sobre a impossibilidade do cumprimento.

<p>No fim de 2013, agências internacionais registraram imagens de muito lixo na Baía de Guanabara</p>
No fim de 2013, agências internacionais registraram imagens de muito lixo na Baía de Guanabara
Foto: AP

Ele afirmou que se reunirá com outras áreas do governo, depois do Carnaval, para checar todas as informações e estabelecer uma nova meta, além de verificar o que já foi feito.

A principal preocupação para os Jogos Olímpicos é com o lixo flutuante e não o lançamento de esgoto na baía. Segundo o secretário, serão feitas mudanças nas ecobarreiras para reforçar a contenção do lixo lançado pelos rios, para a redução dos gastos com os ecobarcos, que coletam os resíduos da superfície.

Veja também:

Estudo mostra os clubes que mais faturaram grana da TV de 2010 a 2019
Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade