0

Atletismo e judô sustentam vantagem do Brasil na luta contra Cuba

27 out 2011
04h03
atualizado às 04h14

Em dia marcado por quatro ouros do Brasil nos Jogos Pan-Americanos, o País também viu Cuba ganhar outros cinco primeiros lugares no pódio e se aproximar da luta pelo segundo lugar geral na competição continental. Contudo, os brasileiros continuam logo atrás dos Estados Unidos na classificação graças ao sucesso do atletismo e do judô nesta quarta-feira.

Veja todos os resultados do Pan
Confira o quadro de medalhas
Assista aos vídeos do Pan de Guadalajara
Veja todos os ouros conquistados pelo Brasil

Os cinco ouros do dia de Cuba, que agora possui 30 medalhas de primeiro lugar no Pan, foram celebrados no atletismo, com Lesyani Mayor, na pelota basca, com Fernandez/Perez, no judô, com Idalys Ortiz e Oscar Rene Brayson, e no levantamento de peso, com Javier Enrique. O Brasil, por sua vez, segue com 33 condecorações douradas, à frente dos cubanos.

O País confirmou seu favoritismo no atletismo começando por sua principal aposta: Maurren Maggi. A atual medalhista de ouro olímpico no salto em distância pulou 6,94 m e conquistou o tri do Pan com tranquilidade. Outra que brilhou foi Lucimara Silvestre, ao conquistar o primeiro lugar no pódio no heptatlo, após ter liderado durante todo o torneio.

O outro ouro do dia no atletismo veio com Leandro Oliveira em disputa emocionante. O atleta abriu os 100 m finais da prova dos 1500 m na primeira colocação, mas viu o equatoriano Byron Piedra realizar uma arrancada incrível e cruzar quase empatado com o brasileiro. Com 3min53s44, Leandro venceu por um centésimo de segundo. Para completar, Geisa Coutinho ganhou o bronze na prova dos 400 m rasos com 51s87.

Já no judô, o País estreou em Guadalajara e levou três medalhas, sendo uma de ouro, uma de prata e uma de bronze. Primeiro, Rafael Silva foi superado na decisão da categoria dos pesados acima de 100 kg pelo cubano Oscar Rene Brayson e ficou com o segundo posto.

Depois, Luciano Correa derrotou o também cubano Oreydi Despaigne, pela categoria dos pesados abaixo de 100 kg, e ganhou o ouro para o Brasil, o primeiro no judô do Pan mexicano. Por último, Maria Suelen Altheman levou o bronze na categoria para mulheres acima de 78 kg ao aplicar um ippon e derrubar a americana Molly Elizabeth O'Rourke em 34 segundos de combate.

Bronzes e finais no boxe

O pugilista brasileiro Yamaguchi Falcão massacrou por 27 a 11 o rival mexicano Piña Armando, em duelo realizado na Arena Expo pela categoria dos meio-pesados (81 kg), avançou à decisão da modalidade e irá encarar o cubano Julio Cesar La Cruz, que eliminou o equatoriano Carlos Gongora. Robson da Conceição, por sua vez, arrasou o portorriquenho Angel Suarez por 27 a 8, pela semifinal dos leves (60 kg), e encara na final o cubano Yasnier Toledo.

Apesar dos dois triunfos, o Brasil ainda teve três reveses no esporte nesta quarta que lhe renderam três bronzes. Primeiro, Myke Carvalho foi superado pelo cubano Carlos Delvis Banteurt, após empatar por 14 a 14 e sucumbir no desempate por golpes por 53 a 45. Em seguida, Julião Henriques Neto caiu diante do dominicano Dagoberto Aguero por 21 a 11. Posteriormente, foi a vez de Roseli Feitosa decepcionar e sucumbir contra a dominicana Yenebier Guillén por 21 a 12.

Outros esportes

Tricampeã dos Jogos Pan-Americanos, a Seleção Brasileira masculina de basquete teve estreia complicada nesta quarta-feira. A equipe comandada por Rubén Magnano sofreu para vencer o Uruguai por 80 a 71, em partida na qual o time ficou poucas vezes atrás no placar, mas sempre pressionado pelo rival. Já a equipe feminina de polo aquático foi atropelada pelos Estados Unidos por 13 a 1 e disputará o bronze com o Canadá

Na ginástica, a medalhista em Jogos Pan-Americanos desde Winnipeg 1999, Daniele Hypólito, ainda não conseguiu subir ao pódio em Guadalajara. Nesta quarta, ela perdeu mais uma oportunidade ao ficar fora do grupo das três primeiras colocadas na modalidade individual geral. Já no masculino, o País não conseguiu subir ao pódio na noite desta quarta-feira com Petrix Barbosa, que terminou apenas na 15ª colocação na final, com 79.800 pontos.

Ainda hoje, o medalhista de bronze no Pan do Rio de Janeiro, o esgrimista Renzo Agresta, não conseguiu repetir a mesma campanha na edição de Guadalajara e perdeu nas quartas de final do torneio de sabre para o canadense Joseph Polossifakis. No último evento do dia, a Seleção Brasileira masculina de vôlei confirmou o favoritismo e assegurou vaga de forma antecipada à semifinal após bater os EUA por 3 sets a 1, com parciais de 18/25, 25/17, 25/14 e 25/18.

Pan 2011 no Terra

O Terra transmite simultaneamente até 13 eventos, ao vivo e em HD, dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara via web, tablets e celular.Com uma equipe com mais de 220 profissionais, a maior empresa de Internet da América Latina realiza a mais completa cobertura da competição que acontece de 14 a 30 de outubro, trazendo, direto do México, a reação dos atletas, detalhes da organização e toda a competição, com conteúdo em texto, fotos, vídeos, infográficos e muita interatividade. Nas redes sociais, você acompanha a cobertura dos Jogos na fanpage do Terra, e confere os bastidores em tempo real no Facebook e no Twitter.

Acesse também a cobertura em:

http://m.terra.com.br/guadalajara2011
http://tablet.terra.com.br/guadalajara2011
http://wap.terra.com.br/pan2011/
http://www.facebook.com/TerraBrasil

Fonte: Terra
publicidade