0

Brasileiros levam prata na canoagem; Cuba supera Brasil no quadro de medalhas

28 out 2011
14h52
atualizado às 16h19
Tarian Chaud
Direto de Ciudad Guzmán (México)

Ocupado pelo Brasil durante quase todo o Pan-Americano de Guadalajara, o segundo lugar no quadro geral de medalhas saiu das mãos do País nesta sexta-feira. Após vencer a prova C2 1.000 m com a dupla Karel Aguilar e Serguey Torres, a delegação cubana igualou a brasileira em número de ouros, superando a rival no de pratas. Curiosamente, a segunda posição desse decisivo evento da canoagem foi justamente dos representantes nacionais Erlon Silva e Ronílson de Oliveira.

Veja todos os resultados do Pan
Confira o quadro de medalhas
Assista aos vídeos do Pan de Guadalajara
Veja todos os ouros conquistados pelo Brasil

A "ultrapassagem" cubana foi concretizada pela vitória de Aguilar e Torres sobre Silva e Oliveira. Na competição, os cubanos percorreram os 1.000 m da Pista de Remo e Canoagem de Ciudad Guzmán em 3min39s280 - 1s202 mais velozes que os brasileiros. O bronze foi para os venezuelanos Ronny Ratia e Anderson Ramos, que cravaram 3min40s990.

"É uma emoção muito grande. Nossa estratégia foi perfeita, largamos muito rápido e os outros cansaram depois. Cumprimos a meta de ganhar uma medalha e conquistar a vaga olímpica - isso é o que importa", comemorou Ronílson, pouco se importando com a derrota para um rival direto na classificação geral do Pan.

"Nossa prata tem sabor de ouro. O quadro de medalhas não importa tanto agora", emendou Erlon. "Como agora a nossa classificação para Londres já está garantida, pode ter certeza de que vamos dar o troco em Cuba nos Jogos Olímpicos".

Na canoagem, apenas os campeões pan-americanos em Guadalajara conseguem vaga na Olimpíada de Londres. A dupla brasileira, porém, foi contemplada mesmo com o vice porque Aguilar e Torres já estavam classificados.

O êxito foi ainda mais saboroso para os cubanos por ter levado o seu país à vice-liderança do quadro geral do Pan. Cuba, que já havia ganhado o título do K1 1.000 m nesta sexta com o atleta Jorge Antonio Garcia, soma agora 39 medalhas douradas, mesmo quantidade do Brasil.

Os caribenhos, porém, têm 28 contra 26 pratas - duas delas também conquistadas no terceiro dia de competições da canoagem, no C1 1.000 m e no K2 1.000 m. As siglas se referem ao tipo de embarcação utilizada - caiaque, do inglês "kayak", ou canoa, do inglês "canoe" - e ao número de atletas remando.

Pan 2011 no Terra

O Terra transmite simultaneamente até 13 eventos, ao vivo e em HD, dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara via web, tablets e celular.Com uma equipe com mais de 220 profissionais, a maior empresa de Internet da América Latina realiza a mais completa cobertura da competição que acontece de 14 a 30 de outubro, trazendo, direto do México, a reação dos atletas, detalhes da organização e toda a competição, com conteúdo em texto, fotos, vídeos, infográficos e muita interatividade. Nas redes sociais, você acompanha a cobertura dos Jogos na fanpage do Terra, e confere os bastidores em tempo real no Facebook e no Twitter.

Acesse também a cobertura em:

http://m.terra.com.br/guadalajara2011
http://tablet.terra.com.br/guadalajara2011
http://wap.terra.com.br/pan2011/
http://www.facebook.com/TerraBrasil

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade