0

De bom humor, Raña come carne do Pan para encerrar impasse

12 out 2011
10h18
atualizado às 14h20
Emanuel Colombari
Direto de Guadalajara

No que depender do presidente da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), Mario Vázquez Raña, o impasse da carne mexicana no Pan de Guadalajara está resolvido. O alimento esteve em meio a uma polêmica poucas semanas antes da competição, o que fez com que autoridades e atletas questionassem a alimentação na Vila Pan-Americana.

Na última semana, a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) decretou um alerta ao admitir a preocupação com as carnes que seriam servidas aos competidores. Boa parte da carne no México estaria contaminada por clembuterol, uma substância que engorda rapidamente o gado e que, em seres humanos, é usada para tratamento contra doenças respiratórias.

O Comitê Organizador do Pan de Guadalajara (Copag) tentou aliviar a situação ao divulgar medidas que assegurem a procedência da comida servida aos competidores. Jogadores da seleção mexicana de futebol chegaram a ser pegos em exames, mesmo que especialistas garantissem que apenas o consumo a longo prazo pudesse complicar a situação dos esportistas. Dessa forma, o Copag decidiu oficializar um controle sanitário.

Diretor executivo do Copag, Carlos Andrade Garín anunciou que as quatro toneladas de carne encomendadas para o Pan foram muito bem selecionadas para evitar problemas. Mesmo assim, Garín e Raña andaram entrando em rota de colisão nos últimos dias - ao menos até a Assembleia Geral da Odepa, encerrada com um bem-humorado Raña fazendo elogios à carne mexicana.

Em discurso, o dirigente diz ter provado e aprovado um grande prato da carne servida na Vila Pan-Americana. "Perguntei para quantas pessoas era aquela porção. Me disseram que era para mim", contou, sorrindo. "Quando eu era atleta (do tiro, na década de 60), carregava uma arma de 15 kg e comia dois quilos de carne por dia. Mas não porque precisava. Eu gostava mesmo", completou o mexicano, 79 anos.

Questionado pela imprensa latino-americana, Raña mostrou ter aprovado a alimentação servida a atletas na Vila Pan-Americana. Resta saber se os atletas que se arriscarem na alimentação escaparão da mesma sorte que acometeu a seleção mexicana de futebol.

Pan 2011 no Terra

O Terra transmitirá simultaneamente até 13 eventos, ao vivo e em HD, dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara via web, tablets e celular.Com uma equipe com mais de 220 profissionais, a maior empresa de Internet da América Latina fará a mais completa cobertura da competição que será realizada de 14 a 30 de outubro, trazendo, direto do México, a preparação de atletas, detalhes da organização e toda a competição, com conteúdo em texto, fotos, vídeos, infográficos e muita interatividade. Nas redes sociais, você acompanha a cobertura dos Jogos na fanpage do Terra, e confere os bastidores em tempo real no Facebook e no Twitter.

Acesse também a cobertura em:

http://m.terra.com.br/guadalajara2011
http://tablet.terra.com.br
http://wap.terra.com.br/pan2011/
http://www.facebook.com/TerraBrasil

Presidente da Odepa, Raña aprovou carne mexicana; país teve problemas com contaminação por clembuterol
Presidente da Odepa, Raña aprovou carne mexicana; país teve problemas com contaminação por clembuterol
Foto: EFE
Fonte: Terra
publicidade