1 evento ao vivo
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

No beisebol, torcida cubana fala de igual pra igual com EUA

Brasil e Argentina que nada. Estados Unidos e Cuba mostram rivalidade intensa no beisebol

13 jul 2015
09h05
atualizado às 10h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Esqueça a reaproximação geopolítica de Cuba com os Estados Unidos que esteve nos noticiários nos últimos meses. Quando o assunto é beisebol, a rivalidade entre as duas nações cresce de forma intensa e incomparável. Nesse domingo, as duas equipes entraram no Ajax Ballpark, no Canadá, para sua estreia nos Jogos Pan-Americanos de Toronto.

Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Foto: Osmar Portilho / Terra

Não é necessário ser especialista em beisebol e muito menos conhecedor da história política para se entender e sentir em um ambiente cheio de rivalidade. O clima era exatamente esse na arena afastada da região central de Toronto. A principal sensação de entrar num estádio em um jogo clássico como este, é sentir o fervor da arquibancada, quando o torcedor parece não se conter por estar separado por estruturas que o afastam do campo.

A rivalidade dos dois países, motivada principalmente pelo embargo promovido pelos Estados Unidos em 1962, deixou marcas profundas nesse relacionamento entre essas duas nacionalidades. Enquanto o país norte-americano segue como liderança mundial com sua economia praticamente inabalável, a ilha caribenha acabou por ganhar a imagem de retrógrada com uma ditadura duramente criticada pela comunidade internacional.

Agora, em campo, a torcida cresce.

Cuba sempre foi um celeiro de talentos do beisebol e sua seleção sempre foi vista com temor por seus adversários.

Na parte realizada no Ajax Ballpark, a discrepância entre as duas torcidas era nítida. O setor que foi dominado pelos norte-americanos permaneceu em sua maioria com pouca expressão. Torcedores sentados, comentando as jogadas com os filhos.

Do outro lado, a história era completamente diferente.

Cartazes, buzinas, rostos pintados e gritos, muitos gritos.

Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Foto: Osmar Portilho / Terra

Cada grupo de torcedores praticamente tinha seu "agitador" especial.

Um especialista em xingamentos em espanhol, outro se arriscava em inglês para provocar os jogadores norte-americanos, mais outro brincava com repórteres, e por aí vai.

A ferocidade que os Estados Unidos empenharam em Cuba durante todos os anos de embargo e Guerra Fria pareciam ganhar uma desforra em forma de tacos, bolas e bonés.

A histórica aproximação política movida por Barack Obama e Raúl Castro foi um grande passo para as duas nações, mas pode levar anos - ou talvez nunca aconteça -  para que surja efeito em algo tão apaixonante, cru e intenso como o esporte.

O placar final do jogo? Estados Unidos 5 x 2 Cuba.

Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Foto: Osmar Portilho / Terra
Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Foto: Osmar Portilho / Terra
Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Cuba e Estados Unidos fizeram primeiro confronto nos Jogos Pan-Americanos de Toronto
Foto: Osmar Portilho / Terra

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade