0
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

Brasil comete erro no solo, mas leva prata na ginástica

Osmar Portilho / Terra

Com Arthur Zanetti, Brasil fica em segundo lugar na competição masculina, superado apenas pelos americanos

11 jul 2015
17h22
atualizado em 13/7/2015 às 15h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Campeão pan-americano em Guadalajara 2011, o Brasil chegou com grande expectativa para um bom resultado na prova por equipes da ginástica masculina. Com um público animado acompanhando no Coliseu de Toronto, Arthur Zanetti, Arthur Nory, Caio Souza, Lucas Bitencourt e Francisco Barreto ficaram em segundo lugar, mas tiveram de aguardar a apresentação de Argentina, Venezuela, Chile, México e Cuba para confirmar a medalha de prata.

 Erros no solo tiraram a chance de brigar pelo ouro
Erros no solo tiraram a chance de brigar pelo ouro
Foto: Osmar Portilho / Terra

O Brasil, que se apresentou na primeira subdivisão ao lado de Canadá, Estados Unidos, Colômbia e Porto Rico, chegou a liderar o placar após as apresentações nas barras paralelas e fixa, mas cometeu muitos erros com todos os seus ginastas no solo - em especial a queda de Lucas Bittencourt -, perdendo a ponta para os americanos.

Em um momento, houve a esperança da retomada na liderança com Zanetti, atual campeão olímpico nas argolas em Londres 2012. O atleta brasileiro fez a sua apresentação em 15.800, mas não foi o suficiente para retomar a ponta. No fim, o País terminou em segundo, com 264.050 pontos.

Os Estados Unidos, bronze no último Mundial na China, trouxeram a sua equipe principal, com muitos atletas que participaram daquela conquista. Apesar da queda de Donnell Whittenburg na barra fixa, os americanos foram mais consistentes nos seis aparelhos e fecharam na frente com 267.650. Depois da apresentação do segundo grupo, puderam enfim comemorar o ouro. O bronze ficou com os colombianos, superando por pouco os donos da casa.

No México, há quatro anos, os brasileiros haviam sido campeões. Zanetti e Barreto fizeram parte do time que brilhou em Guadalajara. Há a expectativa de mais medalhas dos brasileiros nos próximos dias nas provas por aparelhos e no individual geral.

 

Ranking Geral - País Ouro Prata Bronze TOTAL
Canadá 4 2 2 8
Estados Unidos 3 0 4 7
México 2 4 1 7
Colômbia 2 3 2 7
Brasil 1 2 1 4
Veja o quadro completo aqui
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade