PUBLICIDADE

Brasil vai às finais, mas fica sem medalhas no trampolim

19 jul 2015 21h50
| atualizado às 22h33
ver comentários
Publicidade

A Seleção Brasileira de ginástica de trampolim deixará os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, sem sequer uma medalha. Neste domingo, Camilla Gomes e Carlos Ramirez Pala disputaram as finais no Coliseu de Toronto, mas ficaram longe do pódio.

Camilla Gomes ficou perto do pódio
Camilla Gomes ficou perto do pódio
Foto: Washington Alves / Exemplus/COB/Divulgação

No individual feminino, Camilla havia garantido um lugar na final com o segundo lugar na fase classificatória. Na decisão, porém, ela terminou apenas na sexta posição, com a nota 49.990.

O ouro foi para a anfitriã Rosannagh MacLennan, com 53.560. A mexicana Dafne Navarro (52.000) ficou com o segundo posto, enquanto a também canadense Karen Cockburn (51.560) completou o pódio.

Carlos Pala errou e ficou em último na final
Carlos Pala errou e ficou em último na final
Foto: Washington Alves / Exemplus/COB/Divulgação

Na final do masculino, Ramirez pulou fora do trampolim e perdeu pontos importantes. O erro o levou à oitava e última colocação, com 37.170. Keeghan Soehn, do Canadá, foi ao lugar mais alto do pódio, com 56.405. A prata ficou para o americano Steven Gluckstein (55.595), que ficou à frente do colombiano Angel Hernández (55.190).

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade