0
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

“Estou c... e andando”, diz Lili sobre provocação argentina

Gaspar Nóbrega / Inovafoto

Dupla brasileira foi eliminada para rivais sul-americanas na semifinal do vôlei de praia dos Jogos Pan-Americanos de Toronto

20 jul 2015
00h05
atualizado às 00h17
  • separator
  • 0
  • comentários

Lili e Carol Horta lutaram até o fim, mas foram derrotadas neste domingo no tie-break e disputarão apenas o bronze no vôlei de praia dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Contra as argentinas Ana Gallay e Georgina Klug, o clima na quadra era de uma clássica rivalidade sul-americana, com provocações dos dois lados e uma comemoração digna de título das hermanas no final do confronto.

Questionadas se as provocações influenciaram no resultado do jogo, Lili e Carol negaram, mas demonstraram incômodo ao final da partida. “Elas jogam assim contra todo mundo, mas não me irrita. Estou c... e andando para elas. Temos que fazer o nosso e elas podem gritar o quanto quiser do lado de lá”, apontou Lili, enquanto as rivais comemoravam do outro lado da zona de entrevistas, com torcedores da Argentina. “F...-se”, completou com um palavrão, mas rindo da própria afirmação.

Gallay e Klug avançaram à final do Pan de Toronto
Gallay e Klug avançaram à final do Pan de Toronto
Foto: Terra

Carol foi mais comedida, mas confirmou a tensão e rivalidade extra dentro de quadra. “Nosso jogo contra elas sempre tem essa rivalidade, muito bate-boca... Elas provocam bastante. Não atrapalha, elas sempre fazem isso. Não é uma novidade”, disse.

Durante a partida, Gallay e Klug nitidamente provocavam as brasileiras, que, entre um ponto e outro, devolviam com encaradas tensas. “Elas ficam brincando, levantam o braço, mandam sacar em uma, em outra... Coisas de argentinas. Hoje até que estavam mais ‘tranquilas’. Faz parte, cada um usa a arma que tem”, completou Carol.

Klug admitiu que é diferente jogar contra o Brasil, mas não concordou quando perguntada sobre uma rivalidade a mais em quadra. “É diferente porque possuem anos de experiência, tem um dos melhores circuitos do mundo, mas não há uma rivalidade a mais. Temos uma boa relação com todas as equipes brasileiras. Temos que parabenizá-las pela ótima partida jogada”, disse Klug.

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade