0
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

Ginástica feminina é batida por EUA e Canadá e leva bronze

Erza Shaw / Getty Images

Equipe brasileira comete erros e tem de se contentar com terceiro lugar

12 jul 2015
21h33
atualizado em 13/7/2015 às 01h42
  • separator
  • 0
  • comentários

A Seleção Brasileira feminina de ginástica conquistou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Com o time formado por Daniele Hypólito, Flávia Saraiva, Letícia da Costa, Lorrane Oliveira e Julie Kim Sinmon, o Brasil repetiu o mesmo resultado de Winnipeg 1999 e Santo Domingo 2003, sendo ainda o melhor da história a prata do Rio 2007. Reserva, Jade Barbosa acompanhou as amigas das arquibancadas.

As brasileiras foram novamente batidas pelas favoritas americanas. Apesar de estar com uma equipe B, o time formado por Madison Desch, Rachel Gowey, Amelia Hundley, Megan Skaggs, e Emily Schild se apresentou ainda pela manhã e fechou a sua apresentação em 173,800, não dando qualquer chance para as adversárias. Essa é a quarta conquista seguidda dos americanos - a última derrota foi em outro Pan do Canadá, em Winnipeg 1999. 

Dono da casa, o Canadá (Ellie Black, Maegan Chant, Madison Copiak, Isabela Onyshko e Viktoria Woo) se apresentou no grupo 3 ao lado de Brasil, Cuba e outros países que contavam apenas com ginastas de provas individuais. Com o apoio dos torcedores que lotaram o Coliseu de Toronto, as canadenses comemoraram a conquista de uma bela medalha de prata ao atingir 166,500 pontos. 

O Brasil começou se apresentando no solo e cometeu inúmeros erros em suas performances. Letícia da Costa teve uma atuação desastrosa ao perder o controle e cair no solo. A melhor foi a jovem Flávia Saraiva, de apenas 15 anos e medalhista nos Jogos Olímpicos da Juventude 2014, com a pontuação de 14,250. A recuperação brasileira ocorreu no salto e em especial com o resultado de Lorrane Oliveira, com 14,750.

Nas assimétricas, a equipe brasileira voltou a ter problemas e as notas ficaram muito abaixo de Estados Unidos e Canadá. Ainda havia chances de lutar pela prata na trave, novamente com Flavia brilhando, porém não foi o suficiente para subir um degrau a mais no pódio em Toronto, fechando a sua participação em 165,400 pontos.

Além da prata, as brasileiras disputarão ainda outras medalhas em Toronto. Daniele Hypólito está nas finais individual geral, salto e solo. Por sua vez, Flávia se garantiu no individual geral, trave e solo e Julie Kim Sinmon está também na tave.
 

 

Ranking Geral - País Ouro Prata Bronze TOTAL
Canadá 10 8 6 24
Estados Unidos 7 5 7 19
Colômbia 6 5 3 14
México 4 6 7 17
Brasil 4 4 5 13
Veja o quadro completo aqui
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade