0
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

João de Lucca bate recorde e leva o ouro nos 200 m livre

Satiro Sodré/ SS Press / Divulgação

Nadador carioca já surge como um dos principais nomes da natação brasileira nos Jogos de Toronto

15 jul 2015
20h40
atualizado às 23h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Um dos destaques brasileiros em Toronto, João de Lucca voltou a brilhar nesta quarta-feira ao dominar a parte final e conquistar a medalha de ouro nos 200 m livre em 1min46s42, batendo o recorde pan-americano da competição. O nadador carioca já soma dois ouros na competição após ter sido um dos participantes na vitória do 4x100 m livre na última terça-feira. Além da vitória, João ainda superou a marca de Guadalajara 2011, quando o nadador Brett Fraser, de Ilhas Cayman, cravou 1min47s18. 

Antes dos ouros em Toronto, João de Lucca tinha como principal resultado um bronze no 4x50 m livre no Mundial de Piscina Curta em Doha 2014. A prata ficou com o argentino Federico Gabrich e o bronze com o americano Michael Weiss. 

Outros brasileiros que brilharam foram Thiago Simon, ouro nos 200 m peito, Leonardo de Deus, bronze nos 200 m costas e Manuella Lyrio, bronze nos 200 m livre. Além disso, o Brasil venceu também no revezamento 4x200 m livre.

200 m livre feminino

Manuella exibe o bronze com orgulho
Manuella exibe o bronze com orgulho
Foto: Satiro Sodré/ SS Press / Divulgação


A brasileira Manuella Lyrio (prata no 4x100 m livre) ficou em terceiro lugar na disputa dos 200 m livre e conquistou um bronze. A nadadora fez uma prova segura e completou em 1min58s03. A americana Allison Schmitt, mais veloz da manhã, foi ouro e ainda bateu o recorde pan-americano que durava desde os Jogos de San Juan 1979 em 1min56s23. Em segundo ficou a canadense Emily Overholt. 

200 m peito feminino
Para delírio dos torcedores canadenses, a local Kierra Smith venceu um duelo apertado com a compatriota Martha McCabe para levar o ouro. De quebra, voltou a melhorar o recorde pan-americano que era dela ao registrar 2min24s38. Em terceiro ficou a americana Annie Lazer. A brasileira Pamela Souza, por sua vez, foi apenas a oitava. 

200 m costas feminino
O Canadá voltou a ser dominante. Hilary Caldwell venceu com facilidade em 2min08s22, bateu o recorde pan-americano e ainda fez dobradinha com a compatriota Dominique Bouchard. O pódio foi completado pela americana Clara Smiddy. Bronze nos 200 m borboleta, Joanna Maranhão tentou nos metros finais uma medalha, mas ficou em quinto com 2min12s05.

200 m costas
Ouro nos 200 m borboleta, Leonardo de Deus voltou a brilhar nos 200 m costas e conquistou o bronze com o tempo de 1min58s27 após uma arrancada incrível nos metros finais. Essa foi a segunda medalha do brasileiro em Toronto. Após bater o recorde pan-americano pela manhã, o americano Sean Lehane enfrentou dificuldades, mas conseguiu vencer e levar a medalha de ouro, superando o compatriota Carter Griffin, o segundo.

"Foi uma prova muito boa, de manhã eu nadei bem tranquilo, mas mesmo assim senti o cansaço de ontem. Mas ainda busquei essa medalha de bronze pra o Brasil, foi muito próximo da prata. Pensei: 'ontem eu ganhei o ouro por 14 centésimos, hoje perdi a prata por 9 centésimos'. Mas melhor assim, prefiro ganhar", disse Leonardo de Deus. 

Leonardo de Deus ficou com o bronze nos 200 m costas
Leonardo de Deus ficou com o bronze nos 200 m costas
Foto: Satiro Sodré/SS Press / Divulgação
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade