0

Dunga explica troca de Jefferson por Alisson: 'Estatura, sai com os pés'

14 out 2015
00h54
  • separator
  • comentários

Depois da vitória por 3 a 1 sobre a Venezuela, o técnico Dunga explicou o motivo de ter feito uma mudança no time titular do Brasil que surpreendeu antes do jogo contra a Venezuela: a troca de Jefferson por Alisson no gol da Seleção Brasileira. Segundo o treinador, a alteração foi com base em análise do adversário feita pela comissão técnica.

Goleiro Alisson, entre Miranda e Marquinhos no Brasil x Venezuela
Goleiro Alisson, entre Miranda e Marquinhos no Brasil x Venezuela
Foto: Leo Correa / MoWA Press

- Conversamos muito com os jogadores que todos têm que estar preparados. Quem entrar, tem quer dar algo a mais. A Venezuela é uma equipe que joga muito na bola aérea. Alisson tem boa estatura - disse Dunga, que em outra resposta acrescentou:

- Vamos analisando jogo a jogo o adversário. Conversamos muito sobre mudanças. Quando se faz uma troca, todo mundo fica perguntando como foi. Analisamos o adversário. Como jogamos em casa, precisávamos de alguém que tivesse mais qualidade com os pés.

Sobre outra alteração, que foi a entrada de Ricardo Oliveira, Dunga também deu uma justificativa tática.

- A Venezuela joga com duas linhas de quatro e a característica do Ricardo é levar uma linha para criar espaço. Tentamos criar uma situação para que a Venezuela não ficasse tao compacta - comentou.

Com Ricardo Oliveira entre os marcadores, o Brasil venceu a primeira pelas Eliminatórias. Alisson mostrou um pouco de nervosismo, mas não teve culpa no gol. Agora, resta esperar o jogo contra a Argentina, em novembro, para saber se as alterações foram mesmo pontuais ou foi algo que Dunga pensa a longo prazo.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade