0

Efeito Roth: Vasco se adapta ao estilo do técnico e consegue voltar a vencer

30 jun 2015
11h24
  • separator
  • 0
  • comentários

A enorme diferença de estilos entre Doriva e Celso Roth deu para ser percebida dentro de campo no clássico contra o Flamengo. O Vasco, agora, é um time diferente bem daquele que venceu o Campeonato Carioca e iniciou bem mal o Brasileirão. Se antes havia toque de bola e maior presença ofensiva, agora o que não falta é disposição e organização na defesa. Deu certo no primeiro desafio.

Celso Roth no jogo de ontem, Vasco x Flamengo
Celso Roth no jogo de ontem, Vasco x Flamengo
Foto: Divulgação / Flickr do Vasco

Internamente, a mudança é sentida a cada treino da equipe. Com Doriva, a cobrança com os jogadores era em tom mais suave. O relacionamento era mais de amizade do que de comando. Roth é o extremo oposto. Cobra veementemente dos atletas nos treinos e exige disposição durante os 90 minutos. Às vezes, ao mesmo tempo que dá uma bronca, faz alguma brincadeira, até para não ficar com fama de "mala" entre os jogadores.

Dentro de campo, o time também ganhou uma cara diferente. Antes, a equipe jogava com o esquema 4-2-3-1. No domingo, durante a estreia de Roth, o tradicional 4-4-2 foi utilizado. Riascos se aproximou de Gilberto, enquanto Jhon Cley e Julio Cesar jogaram abertos no meio de campo. A entrada de Julio Cesar, aliás, foi a única alteração em relação ao último jogo de Doriva, contra o Sport, pela oitava rodada. A mudança foi de mentalidade.

– O time só pode ganhar um jogo se tiver consistência. O Vasco teve isso. Sabia o que tinha que fazer, como se posicionar. A obrigação de qualquer equipe é fazer isso. O Vasco não errou no jogo, tanto no individual, quanto no coletivo. A entrega realmente foi enorme – disse Celso Roth logo após o clássico.

Neste início de trabalho, o estilo do treinador agrada aos jogadores. O atacante Riascos, por exemplo, enalteceu o trabalho de motivação feito por Celso Roth. Disposição, ao que parece, não vai faltar.

– Ele chegou e está tratando de colocar na nossa cabeça para correr muito e trabalhar forte. Esperamos seguir assim – explicou o colombiano Riascos, autor do gol da vitória sobre o Flamengo.

A comemoração da vitória sobre o Flamengo, porém, precisa ser breve. Afinal, já nesta quarta o Vasco enfrenta o Avaí, às 19h30, em São Januário, em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino está na penúltima colocação, com apenas seis pontos.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade