2 eventos ao vivo

Ex-Fluminense tem melhor média de gols na Ásia e sonha com Mundial de Clubes

29 set 2015
12h14
  • separator
  • comentários

Carlos Eduardo pode não ser conhecido no Brasil, porém seu nome está sendo bastante comentado na Ásia. O meia de 25 anos, que atuou pelo Fluminense em 2009, foi fundamental na classificação do Al-Hilal, da Arábia Saudita, para as semifinais da Liga dos Campeões da Ásia. Contra o Lekhwiya, pelas quartas de final da competição, o brasileiro marcou três gols e conseguiu a melhor média de tentos na Liga dos Campeões da Ásia – 1,5 por jogo. Inclusive à frente de Ricardo Goulart, o artilheiro da competição, com 8 gols.

Pelas atuações, Carlos Eduardo, que chegou ao clube saudita em agosto de 2015, entrou na seleção dos melhores das quartas de final. Além dele, os brasileiros Digão (Al-Hilal), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Patric (Gamba Osaka) e Rodrigo Lima (Al-Ahli) também compuseram os destaques desta fase da competição.

Nesta terça-feira, às 14h (de Brasília), Carlos Eduardo e o Al-Hilal voltarão à campo para enfrentar o Al Ahli Dubai, de Everton Ribeiro, pela ida das semifinais do torneio. A equipe saudita conta com os brasileiros Aílton Almeida e o zagueiro Digão, formado nas categorias de base do Fluminense.

- Estamos a quatro jogos do título e da possibilidade de chegar ao Mundial. O clube foi derrotado ano passado, então queremos muito esse título para dar um presente a torcida - disse Carlos Eduardo, que chegou ao Al-Hilal após atuar na última temporada pelo Nice, da França.

A outra semifinal será disputada, nesta quarta-feira, entre Guangzhou Evergrande, da China, e Gamba Osaka, do Japão. O campeão do torneio se classifica para o Mundial de Clubes.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade