4 eventos ao vivo

Líderes da Seleção rechaçam virose como desculpa por eliminação

27 jun 2015
23h14
  • separator
  • comentários

Além dos pênaltis perdidos por Everton Ribeiro e Douglas Costa, o Brasil tem mais um culpado pelo tropeço diante do Paraguai e, consequentemente, a eliminação precoce nas quartas de final da Copa América do Chile: virose. Apesar de Dunga citar a doença logo depois da partida deste sábado, os líderes do grupo destacaram que o problema não serve como desculpa.

Brasil é eliminado da Copa América pelo Paraguai
Brasil é eliminado da Copa América pelo Paraguai
Foto: leber Mendes

– Só dois jogadores do nosso time não pegaram virose. Mas não podemos colocar isso como desculpa. Perdemos para uma equipe sólida. Quando você perde, você não pode falar de virose – declarou o zagueiro e capitão Miranda.

- Eu peguei (virose). Todo mundo acordou com dor de cabeça, com moleza no corpo. Isso acabou afetando vários jogadores. Claro que a gente não pode colocar isso como culpa, mas isso, em si, não afetou tanto na partida - complementou o experiente goleiro Jefferson.

Elias também seguiu o discurso dos companheiros, mas explicou também que alguns jogadores sentiram cansaço nos minutos finais do duelo com os paraguaios.

- Não sei se prejudicou, mas mais para o final do jogo a gente sentiu um cansaço. Mas isso não interferiu no resultado da partida e muito menos no nosso rendimento. Quase todo da delegação pegou essa virose. Só que isso não serve como desculpa - reforçou o volante, um dos atletas mais experientes do elenco.

De acordo com médico Rodrigo Lasmar, a doença afetou boa parte da delegação (jogadores e membros da comissão técnica) na última quarta-feira à noite, ainda em Santiago. O Brasil viajou para Concepción na quinta-feira.

- Nós tivemos alguns jogadores com virose. Isso aconteceu ainda na quinta-feira. Mas todos treinaram na quinta-feira e na sexta-feira. A gente não sabe a questão do desgaste ou da limitação física que eles possam ter sentido, mas todos treinaram normalmente. Todos treinaram e todos estavam em condições de jogar normalmente - explicou.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade