1 evento ao vivo

No Brasileiro, Santos não sofreu gols na Vila sob comando de Dorival

14 ago 2015
10h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Apesar de ter assumido a equipe do Santos na zona de rebaixamento do Brasileirão e sob forte desconfiança por conta de seus últimos trabalhos, o técnico Dorival Júnior tem números expressivos neste início de passagem. Em quatro jogos na Vila Belmiro pelo campeonato nacional, o Peixe venceu Figueirense, Joinville, Coritiba e Vasco. E mais: sem sofrer sequer um gol nessas partidas.

Ainda com Marcelo Fernandes como treinador, foram cinco jogos - um a mais que o atual comandante - e sete gols sofridos. O retrospecto do hoje auxiliar-técnico foi de duas vitórias, dois empates e uma derrota. À época, aliás, o time sofria com a sina de abrir o placar e não saber controlar o resultado, algo hoje corrigido por Dorival.

O único gol sofrido pelo comandante foi diante do Sport, na vitória por 3 a 1 pela terceira rodada da Copa do Brasil, torneio, aliás, em que o Peixe encara o rival Corinthians na próxima quarta-feira pelo jogo de ida das oitavas de final. Para este campeonato, Dorival cobrou da diretoria a manutenção de mando de jogo para a Vila e espera contar com o retrospecto do Brasileirão, já que um gol sofrido em casa dificulta a missão de avançar de fase.

- O presidente que me desculpe, mas a Vila para nós tem que ser enaltecida. Jamais gostaria de sair daqui de dentro. Quando vamos chegando ao estádio e vemos que a movimentação está maior, é incontrolável. Esperamos o torcedor. Sem dúvida, a Vila Belmiro quanto mais cheia mais o adversário vai soferer, porque a empolgação é muito maior, é o que a Vila Belmiro tem. É difícil nos enfrentar na Vila - admitiu o treinador.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade