PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Polícia paulista identifica homem morto em briga de torcidas

José Sinval Batista de Carvalho, de 53 anos, foi baleado por torcedores em briga antes do clássico entre Palmeiras e Corinthians

7 abr 2016 17h19
| atualizado às 17h21
ver comentários
Publicidade

A Polícia Técnico-Científica, enfim, conseguiu identificar o homem morto em briga de torcida antes do clássico entre Palmeiras e Corinthians, no último domingo, disputado no Estádio do Pacaembu: era José Sinval Batista de Carvalho, de 53 anos, que teve o corpo reconhecido pelo irmão, após comparação de digitais. José não participou da confusão e tampouco fazia parte de uma das torcidas, mas foi atingido por um tiro e morreu. 

A confusão aconteceu em São Miguel Paulista, Zona Leste da cidade de São Paulo, e José foi baleado no peito em frente a estação de trens da CPTM. De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Pública, ele era de Paripiranga, na Bahia.

Foto: Lance!

Cerca de 50 torcedores de Palmeiras e Corinthians se encontraram no local e iniciaram a confusão, até o disparo de uma arma de fogo. José não resistiu aos ferimentos. Três suspeitos foram detidos, mas todos liberados. 

No dia do Dérbi, ainda houve mais confusões entre torcedores registradas: corintianos agrediram três palmeirenses na Av Doutor Arnaldo, próxima a região do Pacaembu, logo após a partida. Antes do jogo, em Guarulhos, 25 torcedores foram presos por briga. Na estação Brás do Metrô também houve registro de confrontos.

Lance!
Publicidade
Publicidade