4 eventos ao vivo

Toronto-2015: saiba como foi o 5º dia de competições para os brasileiros

15 jul 2015
23h35
  • separator
  • comentários

O quinto dia do Brasil nos jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, novamente foi de conquistas. A natação teve o destaque principal na competição. Com três ouros e um bronze, a modalidade ainda teve Thiago Pereira chegando a 21 medalhas e tornando-se o maior medalhista brasileiro na história dos Pans, batendo recorde do também nadador Gustavo Borges.

Se teve recorde na natação, teve despedida na ginástica artística. Danile Hypólito aos 30 anos, deu adeus ao Pan-Americano. Com dez medalhas no torneio, a ginasta brasileira encerra sua participação com um bronze por equipe.

O badminton, apesar de perder as duas decisões para os Estados Unidos, fez história, com a segunda colocação no pódio. Já a Seleção Brasileira de futebol feminino não teve piedade do Equador e goleou as rivais por 7 a 1. No quadro de medalhas, o Brasil está em terceiro, atrás dos canadenses e americanos. Confira todos os destaques abaixo:

NATAÇÃO

A natação teve um dia dourado nos jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, nesta quarta-feira. Com três de ouro e uma de bronze, o Brasil vai com força em luta do título da modalidade na competição. Já são 11 medalhas (cinco ouros e seis bronzes), atrás apenas do Canadá, com 13 (cinco ouros, sete pratas e um bronze).

O primeiro a colocar a medalha dourada no peito foi De Lucca, nos 200m livre, com direito a recorde pan-americano. Depois, foi a vez de Thiago Simon subir ao ponto mais alto do pódio, nos 200m peito. O brasileiro também bateu a marca da competição. Por fim, foi a vez do revezamento 4x200m livre colocar o sorriso no rosto dos brasileiros. Com Luiz Altamir, João de Lucca, Thiago Pereira e Nicolas Oliveira, e mais um recorde pan-americano. A bronze ficou com Manuella Lyrio, nos 200m livre.

Fernando Reis humilhou seus adversários e conquistou medalha de ouro (Foto: Ezra Shaw/AFP)

LEVANTAMENTO DE PESO MASCULINO

O Brasil também garantiu duas medalhas no levantamento de peso. Fernando Reis conquistou o ouro e bateu o próprio recordenos Jogos Pan-Americanos, obtendo o resultado de 427 na categoria acima de 105kg. Já Mateus Machado, de 22 anos, ficou com a prata na categoria 105kg. Ao todo, são quatro medalhas para o Brasil na modalidade em Toronto. O país já havia subido ao pódio com Bruna Piloto (bronze até 63 kg) e Jaqueline Ferreira (bronze até 75 kg)

BADMINTON

Nunca o Brasil havia chegado à uma final de badminton nos Jogos Pan-Americanos. A escrita foi quebrada em Toronto. Apesar de derrota nas decisões, as duplas masculina e feminina fizeram história no Pan de 2015.

A dupla Lohaynny Vicente e Luana Vicente perdeu para a dupla americana formada por Eva Lee e Paula Obanana por 2 sets a 0. Assim como as meninas, os brasileiros Daniel Paiola e Hugo Arthuso foram derrotados pelos americanos Phillip Chew e Sattawt Pongnairat, também por 2 a 0.

POLO AQUÁTICO

Não foi dessa vez que a Seleção Brasileira masculina de polo aquático acabou com o jejum de títulos nos jogos Pan-Americanos. Nesta quarta-feira, em Toronto (CAN), os brasileiros perderam para os Estados Unidos por 11 a 9 e ficaram com a medalha de prata na competição. Após confirmarem um lugar nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio, os americanos mantiveram a hegemonia e levaram o ouro.

TIRO ESPORTIVO MASCULINO

Após passar zerado nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro e de Guadalajara, Emerson Duarte ganhou medalha em Toronto. O brasileiro faturou a prata no tiro rápido de 25m O atleta quase conseguiu o ouro. Duarte fez 31 pontos contra 32 do americano Brad Balsley, o vencedor da prova. Em terceiro, com 27 pontos, o venezuelano Douglas Gomez conquistou o bronze.

REMO FEMININO

Nesta quarta-feira, as águas trouxeram mais uma medalha ao Brasil. No remo, categoria skiff simples, Fabiana Beltrame ficou na segunda posição e conquistou a prata. A brasileira começou bem na prova. Ao cruzar os primeiros 500m, estava na segunda posição, atrás da argentina Lucia Palermo.

Daniele Hypólito despediu-se dos jogos Pan-Americanos com umbronze por equipes (Foto:Rodolfo Buhrer/Fotoarena/LANCE!Press)

 GINÁSTICA ARTÍSTICA

Um ouro, uma prata e três bronzes. Essa é o retrospecto do Brasil na ginástica artística durante os Jogos Pan-Americanos de Toronto. Nesta quarta-feira, veio a quinta medalha brasileira na modalidade. Caio Souza ficou em terceiro lugar no salto sobre a mesa e garantiu o bronze.

A sequência de saltos do brasileiro resultou em 14.925 pontos. O ouro foi conquistado pelo cubano Manrique Larduet, com 15.125. Já a prata ficou com Donnell Whittenburg, que pontuou 14.962.

Além de todas as conquistas, Daniele Hypólito, aos 30 anos, despediu-se dos jogos Pan-Americanos. Com dez medalhas nas competições, a ginasta brasileira encerra participação em Toronto, no Canadá, com um bronze por equipes.

FUTEBOL FEMININO

A equipe Brasileira não teve piedade do Equador e aplicou uma goleada por 7 a 1 nas rivais, na tarde desta quarta-feira. A atacante que Cristiane, que ainda não havia marcado no Pan-Americano de Toronto, no Canadá, foi a destaque da partida. A jogadora marcou cinco gols no triunfo brasileiro. Monica e Maurine também foram às redes. Pesantes descontou para as equatorianas.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade