2 eventos ao vivo

Toronto-2015: saiba como foi o 7º dia de competições para os brasileiros

17 jul 2015
23h45
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil novamente teve dia de medalhas nos jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Com quatro medalhas de ouro no total, (duas no tiro e duas na natação) o sétimo dia brasileiro na competição teve recorde pan-americano e histórico, conquista inédita e dobradinha.

Etiene Medeiros
Etiene Medeiros
Foto: Sspress

Nos esportes coletivos, a delegação brasileira teve 100% de aproveitamento. O handebol masculino estreou com facilidade batendo os canadenses. Mesma coisa do vôlei masculino, que venceu por 3 sets a 0 a Colômbia. No basquete feminino, as brasileiras superararam a derrota no primeiro jogo e bateram Porto Rico.

No fim do sétimo dia, o Brasil segue na terceira colocação no quadro de medalhas, com 22 de ouro, 19 de prata e 32 bronze. Canadá lidera até aqui e os Estados Unidos estão na segunda posição. Confira todos os destaques abaixo.

NATAÇÃO

Mais dois ouros para o Brasil chegaram da natação, desta vez, com Etiene Medeiros, nos 100m costas, e Felipe França, nos 100m peito. A brasileira subiu ao lugar mais alto do pódio e ainda bateu o recorde Pan-Americano com 59s61, além de garantir a primeira dourada da história da natação feminina em um Pan. Já o nadador conquistou o bicampeonato na prova, que novamente teve dobradinha, com Felipe Lima chegando na segunda colocação, ficando com a prata.

Etiene Medeiros ainda teve fôlego de garantir um segundo lugar nos 50m livre. Enquanto isso, nos 100m costas, o brasileiro Guilherme Guido ficou atrás somente do americano Nicholas Thoman. Assim como Guido, Bruno Fratus ficou com a prata nos 50m livre. Por fim, nos 400m livre, Léo de Deus garantiu o bronze.

HANDEBOL MASCULINO

Em busca do terceiro ouro em Jogos Pan-Americanos, a Seleção Brasileira masculina de handebol estreou com vitória contra os donos da casa nesta sexta-feira pela manhã. O Brasil bateu o Canadá por 34 a 17. O destaque da partida foi Fernando Pacheco, autor de cinco gols. Lucas Cândido, Vinicius Teixeira e André Soares marcaram quatro gols cada um.

A próxima partida brasileira no handebol masculino será disputada no domingo, às 12h30, contra o Uruguai.

Cassio Rippel conquistou a medalha de ouro para o Brasil (Foto: Federação Paranaense de Tiro Esportivo)

TIRO ESPORTIVO MASCULINO

O tiro esportivo trouxe dois ouros para o Brasil nesta sexta-feira. Nos 50m de pistola, Júlio Almeida fez 189.1 e superou o cubano Jorge Grau, que totalizou 186.8 pontos e o peruano Marko Zevallos, com 165.9, que ficaram com as medalhas de prata e bronze, respectivamente.

Se já não bastasse o ouro do brasileiro na categoria pistola rápida 50m, Cassio Rippel também subiu ao local mais alto do pódio e ainda por cima bateu o recorde pan-americano nos 50m deitado. O brasileiro fez 207.7 pontos na decisão contra 205.5 do americano McPhail e sagrou-se campeão da modalidade.

TIRO COM ARCO

Se no tiro esportivo o Brasil garantiu dois ouros, no tiro com arco a medalha de bronze chegou para o país. A delegação brasileira ficou na terceira posição na competição por equipes. Na disputa, os brasileiros superaram os cubanos por 5 a 3. Na briga pela dourada, o México bateu os Estados Unidos por 6 a 2.

LUTA OLÍMPICA

Aline Ferreira, garantiu a medalha de bronze para o Brasil na luta olímpica feminina. Com extrema facilidade, a brasileira superou sua adversária, Ana Gonzales (PUR) pelo placar de 10 a 1, na categoria 75kg, sem nem necessitar do segundo período. O ouro ficou com a cubana Lisset Hechavarria, que derrotou a venezuelana Jarimit Weffer na decisão.

VÔLEI MASCULINO

A Seleção Brasileira masculina de vôlei começou a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, de forma tranquila. Nesta sexta-feira, a equipe verde e amarela bateu a Colômbia por 3 sets a 0, com parciais de 25-16, 25-13 e 25-16, no Exibition Centre.

A Seleção lidera o Grupo A, que conta ainda com Argentina, além dos cubanos e colombianos. O próximo compromisso dos brasileiros será neste domingo, contra Cuba, às 14h30.

Brasil se recuperou da derrota na estreia e venceu Porto Rico no basquete feminino

BASQUETE FEMININO

Nas preliminares femininas, o Brasil, que perdeu ontem para os Estados Unidos na sua estreia, conseguiu vencer a seleção de Porto Rico na tarde desta sexta-feira por 62 a 57 e se mantém vivo na competição. A próxima partida das brasileiras será contra a República Dominicana, no sábado, às 14h30.

VELA

Na categoria laser, nesta sexta-feira, o brasileiro Robert Scheidt terminou na liderança a prova. Enquanto isso, no snipe, a dupla Georgia Rodrigues e Alexandre Dias reperiu o feito de Scheidt e encerrou o dia na primeira colocação. Neste sábado começam as disputas por medalhas.

HIPISMO MASCULINO

Nesta sexta-feira, no adestramento individual, o brasileiro Ruy Fonseca foi o melhor do dia com apenas 38.90 de penalidade. Carlos Perro ficou em sétimo, Márcio Carvalho em 11º e Henrique Plobon terminou a competição em 17º.

Já por equipe, o Brasil terminou o dia em terceiro lugar com o total de 136.70 de penalidades. Estados Unidos (133.00) e Canadá (133.70) ficaram com as primeiras colocações.

GINÁSTICA RÍTMICA

A ginástica rítmica conseguiu bons resultados no Pan-Americano. Nas finais classificatórias por grupo, o Brasil terminou o dia na liderança com 14.800 pontos, seguido pelos Estados Unidos (14.600) e Cuba (13.492). Já no indiviudal, Angélica Kvieczynski ficou em terceiro lugar com 30.600 pontos. Enquanto isso, Natália Azedo terminou na oitava colocação com 28.200.

Neste sábado, o Brasil volta a se apresentar. Nas individuais, novamente Angélica Kvieczynski e Natália Azevedo completa suas respectivas apresentações. E na sequência, por volta das 12h (de Brasília), começam as disputas por medalhas.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade