0

Bélgica e Gales vão à Euro; Turquia quase elimina Holanda

10 out 2015
17h59
atualizado às 20h03
  • separator
  • 0
  • comentários

A Turquia está muito próxima de eliminar a Holanda no Grupo A das Eliminatórias da Eurocopa de 2016. Neste sábado (10), em Praga, a seleção derrotou a já classificada República Tcheca por 2 a 0 e ficou a um empate de uma vaga na repescagem do torneio. Na terça-feira (13), os otomanos recebem a também garantida Islândia.

Turquia bateu a República Tcheca e praticamente eliminou a Holanda da Euro 2016
Turquia bateu a República Tcheca e praticamente eliminou a Holanda da Euro 2016
Foto: Getty Images

Em situação muito delicada e próxima do naufrágio, a Laranja Mecânica terá de superar a República Tcheca, em Amsterdã, e torcer para os tchecos vencerem os turcos. Só assim poderão pensar na repescagem.

Na chave, a Islândia lidera com 20 pontos. A República Tcheca está em segundo com 19. A Turquia vem na sequência com 15, seguida pela Holanda com 13.

Na capital tcheca, a Turquia teve um primeiro tempo morno para guardar as forças para os 45 minutos finais. Inan, de pênalti, abriu o marcador. Calhanoglu, com passe primoroso de Arda Turán, fechou a conta.

A Bélgica é mais uma seleção garantida na Eurocopa da França. Neste sábado, fora de casa, os Diabos Vermelhos despacharam a Andorra por 4 a 1 e obtiveram a vaga para o torneio continental. Quem também se classificou foi País de Gales, mesmo perdendo para Bósnia por 1 a 0. A vaga do time comandando pelo astro Bale veio por conta da derrota de Israel para o Chipre por 2 a 1, em casa.

Liderados por Hazard e Witsel, belgas comemoram vaga na Euro 2016
Liderados por Hazard e Witsel, belgas comemoram vaga na Euro 2016
Foto: Getty Images

Na ponta do Grupo B das Eliminatórias, os belgas somam 20 pontos. País de Gales tem 19. A Bósnia ficou na terceira colocação com 14, e disputará a repescagem contra Israel, que soma 13 e Chipre, com 12.

No Grupo H, a Croácia venceu a Bulgária por 3 a 0 e adiou a classificação da Noruega, que depende das próprias forças para avançar. O problema é o adversário: a Itália, fora de casa. Já a seleção xadrez precisa derrotar Malta, fora de casa, e torcer para os nórdicos não derrotarem a tetracampeã mundial.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade