3 eventos ao vivo

Universíade 2015: Henrique Martins ganha mais um ouro na natação

8 jul 2015
16h26
  • separator
  • comentários

Pela segunda vez consecutiva a bandeira brasileira foi hasteada no lugar mais alto do pódio do Centro Aquático Universitário Nambu, na Coreia do Sul, na Universíade 2015. O responsável por isso foi novamente Henrique Martins. O atleta da Unisul, que no domingo havia vencido os 50m borboleta, surpreendeu nesta quarta-feira ao ganhar a prova dos 100m livre e chegar à segunda medalha de ouro na competição realizada em Gwangju.

- Foi o dia mais desafiador da competição. Eu tinha uma eliminatória de manhã e à tarde a final do livre. Dez minutos depois havia a semifinal do borboleta. Eu sabia que seria bem difícil, mas fizemos uma estratégia boa, todo o time me ajudou bastante - conta o brasileiro, que revela surpresa com a conquista.

- Acabei me surpreendendo com esse ouro. Não esperava, estava buscando o pódio, não achava que conseguiria ganhar. Foi fantástico - complementa o nadador, que também foi medalha de prata na Universíade 2011, na China, com o revezamento 4x100m livre.

Quem também trouxe muitas alegrias ao Brasil foi o judô e, em especial, as mulheres. O último dia de provas da modalidade na Coreia do Sul foi encerrado com a disputa por equipes. O time formado por Amanda Oliveira, Eleudis Valentin, Flávia Gomes, Gabriela Chibana, Jéssica Santos, Sibilla Faccholli e Talita Morais alcançou a medalha de bronze ao derrotar a França, por 3 a 2. Antes disso, as judocas haviam vencido na primeira rodada a Mongólia (3x2) e depois a Polônia (3x2). Elas caíram para a forte seleção japonesa (4 a 1), que posteriormente levou o ouro em confronto contra a Coreia do Sul.

Com isso, o judô brasileiro finaliza participação na 28ª edição da Universíade com quatro medalhas: Gabriela Chibana (até 48 kg), com a prata; e Gustavo Assis (até 90 kg), Phelipe Pelim (até 60 kg) e equipe feminina com o bronze.

No vôlei, a equipe feminina continua firme em busca da sonhada medalha. O time brasileiro venceu com tranquilidade a China por 3 sets a 0 e alcançou a semifinal. Amanhã, duela com a Ucrânia de olho na decisão.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade