0

Vôlei de Praia: Guto/Saymon chega à primeira final e enfrenta Alison e Bruno

16 ago 2015
10h11
  • separator
  • 0
  • comentários

A primeira etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2015/2016 terá uma dupla debutante em finais do Open, em Brasília (DF). Isso porque Guto e Saymon (RJ/MS) formaram parceria há pouco mais de um mês. Neste sábado, avançaram à decisão e enfrentam, a partir das 11h deste domingo, os atuais campeões do mundo, Alison e Bruno Schmidt (ES/DF), na arena montada no Eixo Monumental, ao lado do estádio Mané Garrincha. A entrada dos torcedores é franca.

Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2015/2016
Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2015/2016
Foto:

Para chegar à final, Guto/Saymon superou Jô/George (PB), por 2 sets a 1, parcias de 21/13, 18/21, 15/10. Na outra semifinal, vitória do atleta da casa, Bruno Schmidt, e do parceiro Alison ‘Mamute’ sobre Léo Vieira/Averaldo (DF/TO), por 2 sets a 0, parciais de 21/19, 21/13.

Na disputa do bronze, Jô/George (PB) encara Léo Vieira/Averaldo (DF/TO) por um lugar no pódio, em partida marcada para 10h, nas quadras externas. Bruno Schmidt jogará na cidade natal, perto da família, e busca repetir o título conquistado em 2013, quando atuava com o ex-parceiro Pedro Solberg.

- É incrível chegar a mais uma final em casa. Não gosto nem de pensar muito, ou vou acabar dormindo tarde (risos). Toda vez que sai o calendário, fico procurando para ver se encaixaram em alguma etapa. Tinha decidido disputar de qualquer maneira e quero aproveitar estes minutos. Tomara que o final possa ser o mesmo de dois anos atrás - disse Schmidt.


Bruno e Alison se cumprimentam em na arena da capital federal (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

Alegria também estampada no rosto de Saymon. O sul-mato-grossense topou o projeto de se mudar para o Rio de Janeiro, começar uma nova dupla e quer alcançar o primeiro degrau que tem uma meta longa e importante.

- Quando sentamos para conversar, o nosso primeiro objetivo era disputar os Jogos Olímpicos de 2020. É uma meta que temos, vamos disputar todo torneio, seja Sub-23, Circuito Brasileiro, Mundial, sempre com força máxima. Estou muito feliz com tudo, o entrosamento com Guto está melhorando a cada dia e recebi muito apoio da família dele quando cheguei ao Rio de Janeiro. Vamos com força total em busca desse primeiro título do Open - disse Saymon.

Finalista pela terceira vez de uma etapa do Circuito Brasileiro - a primeira ao lado de Saymon, debutante em decisões -, Guto destaca a importância do pai e técnico da dupla, Marcelo Carvalhaes, o Big, em seu crescimento como jogador.

- Ele abdicou de muitas coisas, teve a chance de treinar outras duplas, mas sempre acreditou em mim e no meu irmão. Na semana passada, o Marcus foi campeão no Dia dos Pais, uma semana depois eu estou na final. Ele fica emocionado e nós também. É um exemplo, uma pessoal que nos ensina todos os dias, tanto em quadra, quanto fora dela - disse Guto.

O Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia terá nove etapas (cinco em 2015 e quatro em 2016) e uma edição do SuperPraia, com campeões independentes. Depois de Brasília, o Circuito Brasileiro passará, ainda este ano, por Contagem (MG), Goiânia (GO), Bauru (SP) e Curitiba (PR). As quatro etapas de 2016 e o SuperPraia, que reúne as oito melhores duplas da temporada, ainda terão suas cidades confirmadas.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade