0
MMA

Antônio Pezão sonha enfrentar Overeem em luta no Nordeste

7 nov 2012
17h37
atualizado às 19h01

Com o fim da suspensão por doping do holandês Alistair Overeem, as especulações sobre uma luta contra o brasileiro Antônio Pezão voltaram a ganhar força nas últimas semanas. Os atletas deveriam ter se enfrentado em 2011, pela semifinal do GP de pesados do Strikeforce, mas devido a problemas de Overeem com o evento, o lutador acabou sendo substituído por Daniel Cormier no combate contra o brasileiro.

» Cigano e volta de St. Pierre; veja atrações do UFC até o final do ano
» Ronda Rousey? Revista lista 5 novas razões para ver Strikeforce

Pezão, que vem de vitória por nocaute técnico sobre Travis Browne no UFC on FX 5, já projeta o local perfeito para realização do combate. "Provavelmente o Nordeste irá abrigar uma edição do UFC em 2013, e seria a realização de um sonho lutar na região, ainda mais contra o Overeem. Apresentar-me para esse povo trabalhador e fã do nosso esporte seria realizador. Precisaríamos de um estádio grande para o evento. Grande e forte, para aguentar nossos pesos juntos", brincou o paraibano.

O lutador brasileiro acredita que uma vitória sobre o holandês irá levá-lo muitos degraus acima dentro da categoria, que tem como campeão o seu compatriota Júnior Cigano.

"Ele é o terceiro na categoria. Se eu vencê-lo, automaticamente, me torno o terceiro, certo? Mas não me preocupo com ranking. Faço minhas lutas, treino e mostro meu valor no octógono. Já fui vitima do ranking, enfrentei o Cormier que não estava cotado nessa lista, perdi e fui para o final da fila. As coisas são assim", afirmou Pezão, que possui 17 vitórias e 4 derrotas em seu cartel.

O brasileiro ainda não foi procurado pela organização de Dana White, mas se mostrou confiante com a possibilidade do duelo ser confirmado. "O UFC ainda não entrou em contato, mas quando o público pede a luta, e a mídia ajuda, geralmente ela acontece. Se for pela vontade do público e da mídia, de 0 a 10 eu diria que é 8 a chance da luta acontecer. E se for pela vontade do Pezão, de 0 a 10 é 11", concluiu.

Antônio Pezão se mostrou otimista em enfrentar Overeem no Nordeste
Antônio Pezão se mostrou otimista em enfrentar Overeem no Nordeste
Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC / Getty Images
Fonte: Lancepress!
publicidade