0

Ex-boxeador espanhol é internado após receber punhalada no peito

13 nov 2012
08h59
atualizado às 09h07

O ex-boxeador espanhol Policarpo Díaz Arévalo foi internado na manhã desta terça-feira em um hospital de Madri após ser apunhalado. A informação foi divulgada pela mulher do ex-atleta, Eva, no Facebook.

» Cigano e volta de St. Pierre; veja atrações do UFC até o final do ano

Segundo fontes policiais relataram à agência EFE , o hospital, localizado no bairro de Vallecas, informou à polícia às 8h30 locais (5h30 de Brasília) desta terça que Diáz havia ingressado no local com feridas provocadas por arma branca.

O ex-pugilista não esclareceu aos oficiais quem o apunhalou nem os motivos do ocorrido. O espanhol foi internado depois de receber uma punhalada no peito e sofrer uma outra ferida pequena, também ocasionada por um objeto afiado, na perna. Com condições estáveis, ele não corre risco de morte.

Ainda não se sabe se Diáz se dirigiu ao hospital por meios próprios ou se foi levado por algum familiar. Sua mulher, Eva, publicou a seguinte mensagem no Facebook sobre o assunto: "nesta manhã Poli foi apunhalado. Estamos no hospital. Seguiremos informando".

Poli Diáz, 45 anos, conhecido como o "Potro de Vallecas", iniciou a carreira em 1986 e a encerrou em 2001 com 44 vitórias, sendo 28 por nocaute, e três derrotas. Em julho de 1991, ele lutou pelo cinturão dos pesos leves das WBC (Conselho Mundial de Boxe), WBA (Associação Mundial de Boxe) e IBF (Federação Internacional de Boxe) mas foi derrotado por pontos pelo americano Pernell Whitaker.

Mulher de Policarpo Díaz confirmou história no Facebook
Mulher de Policarpo Díaz confirmou história no Facebook
Foto: Facebook / Reprodução
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade