PUBLICIDADE

Galvão comete gafe sobre transmissão "ao vivo", e Globo é criticada

8 jul 2012 03h59
| atualizado às 14h28
Publicidade

A Rede Globo já tinha anunciado que não faria transmissão ao vivo da luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen no UFC 148, mas mesmo assim foi criticada. Afinal, além de passar a vitória do brasileiro com atraso de aproximadamente meia hora, o narrador Galvão Bueno ainda cometeu uma gafe na transmissão. Em certo momento, ele disse "voltamos ao vivo", o que gerou críticas e revolta de fãs do MMA no Twitter.

» Anderson Silva nocauteia Chael Sonnen; veja fotos do UFC 148
» Lutadores, famosos e "massa brasileira" prestigiam UFC; veja fotos

Na verdade, a transmissão da Rede Globo começou quando a luta entre Silva e Sonnen ainda acontecia. Porém, a emissora optou por passar primeiro a reprise da vitória do também brasileiro Demian Maia sobre o sul-coreano Dong Hyun Kim.

A Rede Globo não havia anunciado que transmitiria a luta ao vivo. Neste sábado, inclusive, o apresentador Tiago Leifert encerrou o Globo Esporte alertando os telespectadores que as lutas não seriam transmitidas ao vivo, devido ao contrato de transmissão com o UFC, que estabelece que a emissora precisa aguardar no mínimo 30 minutos para transmitir os eventos fora do Brasil.

Antes de finalmente mostrar o vídeo gravado da vitória de Anderson Silva, foram mostradas imagens do outro combate entre o brasileiro e Chael Sonnen, que aconteceu em agosto de 2010. A luta foi analisada em detalhes e rendeu bastante tempo para Galvão criticar o americano, que é odiado no Brasil por ter falado mal do País. Com comentários do campeão dos pesos pena José Aldo, Galvão preparou terreno para a transmissão do principal combate da noite.

Quando a luta começou, Galvão manteve seu tradicional estilo de torcer para os brasileiros. "Enfia a mão nele, Anderson", pediu. Porém, como o primeiro round teve superioridade de Sonnen, a confiança no campeão dos meio-médios ficou abalada. Até o próprio comentarista José Aldo admitiu que o brasileiro perdeu o primeirou round para o americano.

Porém, logo depois veio o show de Anderson Silva, que também se transformou no espetáculo de Galvão. "Entrou. Foi para o chão e desabou. Esquerda, direita, esquerda, direita, direita", berrou Galvão, ao narrar a sequência de socos aplicada por "Anderson Silva do Brasil". Foi o momento em que, segundo o narrador, o campeão "passou o carro", e Sonnen "não viu nem a placa".

Mas nem a narração empolgada de Galvão salvou a Rede Globo de críticas. Logo após acabar a transmissão, o termo "GloboFail" ("Globo falha", em tradução livre) surgiu nos Trending Topics do Twitter, ou seja, virou um dos assuntos mais comentados do microblog. A gafe sobre a transmissão "ao vivo" foi bastante lembrada, mostrando que a vitória tão importante de um atleta brasileiro se tornou derrota para a Rede Globo, que, no UFC 146, cometeu um erro parecido ao anunciar que a luta de Junior Cigano e Frank Mir seria transmitida ao vivo, quando, na verdade, foi mostrada com 40 minutos de atraso.

Segundo Galvão, Anderson "passou o carro", e Sonnen "não viu nem a placa"
Segundo Galvão, Anderson "passou o carro", e Sonnen "não viu nem a placa"
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
Publicidade