0

Com novo ippon, Luciano Correa vai à final contra "carrasco" cubano

26 out 2011
14h10
atualizado às 16h02
Celso Paiva
Direto de Guadalajara

Pela segunda luta seguida, Luciano Correa conseguiu a vitória com o golpe perfeito do judô: o ippon. Na semifinal do judô meio-pesado dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, ele derrotou o mexicano Sérgio Garcia para garantir vaga na final da categoria e se manter na luta pela medalha de ouro.

Veja todos os resultados do Pan
Confira o quadro de medalhas
Assista aos vídeos do Pan de Guadalajara
Veja todos os ouros conquistados pelo Brasil

Na final, o lutador vai reencontrar um antigo "carrasco": o cubano Oreydis Despaigne. No Pan de 2007, no Rio de Janeiro, Luciano Correa foi derrotado por ele na semifinal. Depois disso, teve outros dois revezes: na Super Copa do Mundo de Hamburgo, na Alemanha, em 2007, e na Copa do Mundo da Hungria, em fevereiro, em luta que valia o ouro.

Luciano terá, portanto, a chance de revanche, já que nunca conseguiu bater seu principal rival americano. Despaigne se classificou, na outra semifinal em Guadalajara, com vitória sobre o argentino Cristian Schmidt.

Correa e Garcia fizeram um combate equilibrado, recebendo uma advertência cada logo nos primeiros momentos. Mais defensivo, o brasileiro levou outra punição, deixando o mexicano com vantagem de um yuko. Na sequência, virou o placar com dois golpes, apesar dos gritos de "si, se puede" da torcida mexicana. Fechou a luta com um wazari e um ippon.

Na estreia, Luciano Correa passou pelo portorriquenho Carlos Santiago, apesar de não acertar nenhum golpe. Sua vitória foi definida pela falta de combatividade do rival, que levou quatro punições da arbitragem e terminou eliminado.

Já nas quartas de final, derrotou o americano Kyle Vashkulat depois de grande recuperação no combate, aplicando um ippon, o "golpe perfeito" da modalidade. Antes disso, recebeu três punições por pegada irregular no rival, deixando Vashkulat com um wazari de vantagem.

Luciano Correa é um dos destaques do judô brasileiro. Natural de Brasília, o atleta de 28 anos tem no currículo um bronze no Pan-Americano de 2007, no Rio de Janeiro, mesmo ano em que se sagrou campeão mundial na categoria até 100 kg. Nos últimos anos, porém, caiu de rendimento e acabou eliminado logo na primeira rodada do Mundial de Paris, em agosto passado.

Pan 2011 no Terra

O Terra transmite simultaneamente até 13 eventos, ao vivo e em HD, dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara via web, tablets e celular. Com uma equipe com mais de 220 profissionais, a maior empresa de Internet da América Latina realiza a mais completa cobertura da competição que acontece de 14 a 30 de outubro, trazendo, direto do México, a reação dos atletas, detalhes da organização e toda a competição, com conteúdo em texto, fotos, vídeos, infográficos e muita interatividade. Nas redes sociais, você acompanha a cobertura dos Jogos na fanpage do Terra, e confere os bastidores em tempo real no Facebook e no Twitter.

Acesse também a cobertura em:

http://m.terra.com.br/guadalajara2011
http://tablet.terra.com.br/guadalajara2011
http://wap.terra.com.br/pan2011/
http://www.facebook.com/TerraBrasil

Fonte: Terra
publicidade