0

Mayra se recupera de revés, vence por ippon e é bronze

2 ago 2012
10h34
atualizado às 13h45
Allan Farina
Direto de Londres

Principal favorita ao ouro olímpico em Londres na categoria meio-pesado (até 78 kg), a judoca Mayra Aguiar não conseguiu confirmar o status de maior judoca da categoria meio-pesado (até 78 kg), mas não deixou de subir no pódio. Sem deixar dúvidas e recuperada do abatimento pela derrota na semifinal, a gaúcha venceu a holandesa Marhinde Verkek por ippon e conquistou a medalha de bronze, a terceira do judô na Olimpíada de Londres.

» Terra disponibiliza vídeos em 3D dos Jogos Olímpicos de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Depois do ouro de Sarah Menezes e do bronze de Felipe Kitadai logo no primeiro dia de disputa, o judô brasileiro somou decepções, até o dia da divisão dos meio-pesados. Líder do ranking mundial, Mayra não se mostrou abatida pela derrota na semifinal para a americana Kayla Harrison. Com 1min29 de duelo, a brasileira aplicou um ko-soto-gari na holandesa e garantiu o bronze.

Campanha

Mayra Aguiar fracassou na tentativa de buscar a medalha dourada. Diante de uma das principais rivais no circuito, a americana Kayla Harrison, a brasileira não conseguiu apresentar o mesmo ritmo das primeiras lutas e parou no jogo eficiente da adversária, que encaixou um juji-gatame para imobilizar o braço da gaúcha e avançar à decisão por ippon.

A derrota diante da americana foi a primeira de Mayra Aguiar na temporada. Líder do ranking mundial e grande nome da divisão em Londres, a jovem brasileira de 20 anos havia perdido pela última vez em 11 de dezembro do ano passado. Na semifinal do Grand Slam de Tóquio, a gaúcha acabou superada justamente por Harrison, que, com o triunfo olímpico, somou a sexta vitória em dez duelos contra a competidora nacional.

A rivalidade entre Mayra e a americana ficou evidente para o público britânico nos primeiros segundos de combate. Depois de uma tentativa de entrada da brasileira, a rival se defendeu e caiu no chão. A gaúcha empurrou Harrison, que imediatamente se levantou para encarar a líder do ranking mundial. O juiz rapidamente agiu e separou as atletas.

Em um combate equilibrado, as duas judocas ensaiaram entradas e conseguiram evitar punições por falta de combatividade. Entretanto, a americana levou vantagem na pegada e aplicou um ko-uchi-gari para somar o primeiro yuko e pressionar a jovem judoca brasileira.

Precisando agir para no mínimo forçar o Golden Score, Mayra se precipitou e acabou derrubada pela americana. Não satisfeita em apenas garantir o resultado, Harrison travou o braço da brasileira e obteve a categórica vitória por ippon, e a vaga na disputa pelo ouro.

A judoca conquistou uma vaga na semifinal dos Jogos Olímpicos de Londres ao superar a polonesa Daria Pogorzelec por ippon, em virtude de uma imobilização. O resultado positivo garantiu a brasileira na disputa direta por medalhas na categoria meio-pesado.

Assim como no primeiro combate do dia, Mayra iniciou o confronto de maneira agressiva e impondo seu rápido ritmo de judô. Mais alta que rival, a brasileira encontrou a distância necessária para obter um wazari rapidamente, pontuação que a permitiu controlar o duelo até o final.

Antes do fim, Mayra Aguiar derrubou a adversária e chegou a olhar para a arbitragem para cobrar uma pontuação. Entretanto, encaixada na posição, a brasileira forçou a finalização e registrou o ippon, garantindo-se na disputa por uma medalha nos Jogos Olímpicos de Londres.

Favorita, Mayra Aguiar não enfrentou dificuldades na estreia no evento. Apresentando-se de maneira agressiva, a brasileira superou a tunisiana Hana Mareghni por dois wazari e avançou às quartas de final da competição na capital do Reino Unido.

Grande esperança do judô brasileiro antes do início da competição, Mayra procurou desde os primeiros segundos se comportar como uma favorita ao ouro. Extremamente agressiva, variando os tipos de entradas, a judoca brasileira rapidamente conseguiu forçar uma punição contra a tunisiana, que precisou soltar mais o jogo para evitar uma desvantagem no marcador.

Com a adversária obrigatoriamente mais exposta, Mayra encaixou um tai-otoshi e obteve um wazari. Próxima da vitória, a judoca brasileira ainda teve o trabalho facilitado no fim: a tunisiana recebeu outra punição por falta de combatividade e sacramentou o triunfo da atleta gaúcha por dois wazari de diferença.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Mayra Aguiar se recuperou e conseguiu conquistar a medalha de bronze
Mayra Aguiar se recuperou e conseguiu conquistar a medalha de bronze
Foto: Bruno Santos / Terra
Fonte: Terra
publicidade