4 eventos ao vivo

Ouro em Moscou leva Altheman à liderança e Brasil a feito inédito

25 jul 2013
11h04

Pela primeira vez na história, o Brasil lidera quatro categorias do ranking mundial da Federação Internacional de Judô (IJF). Com o ouro no Grand Slam de Moscou (RUS), Maria Suelen Altheman ultrapassou a cubana Idalys Ortiz e assumiu a liderança entre as peso pesadas (acima de 78 kg) com 2.306 pontos contra 2.180 da rival.

Campeã olímpica, Sarah Menezes também levou o ouro na capital russa e manteve a liderança entre as atletas até 48 kg. Agora, a brasileira soma 2.494 pontos e lidera com folga de mais de mil de vantagem para a belga Charline Van Snick.

Já Mayra Aguiar amargou o vice em Moscou, mas segue na ponta da categoria até 78 kg. Com a prata, ela chegou a 2.240 pontos, contra 2.070 da húngara Abigel Joo. Único homem na liderança, Victor Penalber foi prejudicado pela quarta colocação no Grand Slam e viu a diferença para o o georgiano Avtandil Tchrikishvili cair para apenas 36 pontos entre os atletas até 81 kg.

Quem se deu bem em Moscou, mas não lidera o ranking de sua categoria é Charles Chibana. Ouro na chave de atletas até 66 kg, ele chegou a 960 pontos e assumiu a sétima colocação da categoria, 710 atrás do líder, o mongol Tumurkhuleg Davaadorj. Já Rafael Silva diminuiu para 40 pontos a diferença para o francês Teddy Riner na briga pela ponta entre os peso pesados (acima de 100 kg), mesmo eliminado em sua segunda luta na competição.

O próximo desafio dos judocas brasileiros é o Campeonato Mundial da modalidade. A competição será realizada no Rio de Janeiro, entre os dias 26 de agosto e 1º de setembro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade