MMA

publicidade
25 de junho de 2013 • 14h23 • atualizado às 14h24

Cigano alfineta Sonnen e Overeem e prevê dificuldades para Anderson Silva

Cigano insinuou que Overeem e Sonnen só criam polêmicas porque não levam os treinos a sério
Foto: Fernando Borges / Terra

Não é do feitio de Junior Cigano se envolver em polêmicas ou fazer provocações. Quando isso acontece, ele sempre tenta amenizar e até mesmo pedir desculpas, como fez recentemente com Cain Velásquez. Mas novamente, agora em entrevista exclusiva ao Terra, ele alfinetou dois lutadores do Ultimate Fighting Championship (UFC): Alistair Overeem e Chael Sonnen.

A rivalidade com Overeem é antiga. Dois confrontos entre os dois já foram marcados, mas problemas impediram que eles subissem juntos no octógono. Mas Cigano já se sentiu vingado depois que seu companheiro de treino, Antonio Pezão, conseguiu nocautear o holandês de forma impressionante, no começo deste ano.

Cigano 'alfineta' Mike Tyson sobre nocaute do anoClique no link para iniciar o vídeo
Cigano "alfineta" Mike Tyson sobre nocaute do ano

"O Pezão colocou ele no lugar dele. Não tenho mais vontade de enfrentar ele. Mas enfrento quem o UFC colocar na minha frente. Vou treinar visando aquele cara e para estar bem preparado para vencer", afirmou ele, que não deve ter este combate tão cedo - Overeem está com luta marcada contra Travis Browne para agosto deste ano.

E a provocação de Cigano foi além, já que ele analisou os comentários polêmicos que alguns lutadores costumam fazer antes das lutas: "os lutadores limitados, caras que não confiam em si mesmo, que não se dedicam ao treino e não levam a sério são os que fazem isso para chamar atenção. Eles fazem isso para se promover", apontou.

Mas Cigano também mostrou cuidado para não se meter em mais polêmicas por causa desta crítica: "não que ele (Overeem) seja ruim. Ele é um excelente lutador e já teve grandes feitos na carreira", esclareceu o brasileiro, antes de comentar sobre Chael Sonnen com a mesma atenção: "você vê o Sonnen fazendo isso (polêmicas) também. Mas não estou falando nada mal dele, viu Sonnen? O Sonnen é um excelente atleta, mas é melhor como comentarista", brincou, ao lembrar que o atleta meio-pesado tem trabalhado também como comentarista da Fox nos Estados Unidos.

Mas Sonnen tem o costume de provocar brasileiros e não deve deixar esta frases passarem em branco. Portanto, Cigano pode ter criado mais duas polêmicas no UFC, apesar de tentar fugir delas.

Anderson Silva x Chris Weidman

A próxima grande luta de um brasileiro no UFC terá seu maior astro no octógono: Anderson Silva vai encarar o jovem Chris Weidman e colocará o cinturão dos pesos médios em jogo. Cigano, é claro, aposta em vitória do brasileiro, mas prevê dificuldades para ele no dia 6 de julho, em Las Vegas.

"Eu acho que o Anderson tem um grande desafio. Esse menino é jovem, confiante e bom. Mas vai se sobressair a experiência do Anderson e também a inteligência. Ele luta muito inteligentemente e sabe usar os artifícios que tem. Então acho que será vitória até por nocaute, no segundo ou terceiro round", apostou o ex-campeão.

Cigano aproveitou ainda para decretar o valor que Anderson Silva tem em sua carreira, na evolução do MMA e na popularização do UFC no Brasil: "existe o 'antes do Anderson' e o 'pós Anderson'. Depois que ele se tornou um grande campeão, todos os olhos se voltaram para ele. Ele abriu muitas portas para nós, por isso agradeço muito a ele", concluiu Cigano.

<a data-cke-saved-href=" http://esportes.terra.com.br/infograficos/ring-girls-brasileiras/iframe.htm " href=" http://esportes.terra.com.br/infograficos/ring-girls-brasileiras/iframe.htm ">veja o infográfico</a>
Terra