0
MMA

De férias, A. Silva inaugura lanchonete e já admite carreira de ator

12 nov 2012
14h18
atualizado às 15h08
Marcus Vinícius Pinto
Direto do Rio de Janeiro

Os fãs que quiserem ver Anderson Silva no octógono vão ter que esperar até o fim de 2013. Até lá, o astro do MMA estará de férias, descansando e também cuidando de sua academia em Los Angeles e, também, tentando impulsionar a carreira de ator.

» Cigano e volta de St. Pierre; veja atrações do UFC até o final do ano

"Vai ser um filme de ação e é o primeiro projeto de muitos que virão para o cinema e TV", disse Anderson nesta segunda-feira, durante a inauguração de uma loja de fast food que o patrocina no centro do Rio.

Depois das férias, ele deve começar a pensar na luta contra o campeão dos meio-médios, George St-Pierre. Anderson Silva, aliás, estará presente em Montreal para assistir ao UFC 154, no qual o astro canadense enfrentará Carlos Condit.

"Não vou entrar no ringue no Canadá para desafiá-lo, não é do meu perfil", disse Anderson Silva, que aproveitou para, mais uma vez, negar a intenção de enfrentar Jon Jones ou, então,. o vencedor da luta entre Vitor Belfort e o inglês Michael Basping, que se enfrentarão no Brasil em janeiro.

Bisping já disse que, após vencer Belfort, se tornaria o candidato natural a desafiar Anderson Silva. "Ema, ema, ema, cada um com seu problema", respondeu Anderson, afirmando que está na zona de conforto e que, de férias, não quer pensar em lutas - apenas nos seus planos pessoais.

Com tantos planos pessoais, o lutador não vai poder ir a Tóquio torcer pelo Corinthians no Mundial de Clubes, em dezembro, mas disse que estará de longe na torcida. "No futebol tudo pode acontecer, mas acredito no título", disse.

Fora da eleição do MMA Awards deste ano, ele diz que não se fixa em prêmios, mas acredita na força da história de um atleta no esporte. Sobre a criação de um ranking mundial de MMA, o lutador se diz a favor. "Desde que surjam organizações do mesmo nível do UFC", argumentou.

Ele também se disse a favor da categoria feminina. "Embora eu ache que esse tipo de luta tem pouco de feminino", brincou. Sobre as críticas feitas por Rickson Gracie de que o UFC desvirtua a luta marcial, Anderson discorda. "O esporte evolui e é bom termos lutadores que são bons em varias modalidades", acrescentou.

Vendedor de hambúrgueres antes da fama, Anderson Silva foi até cozinha do Burger King e preparou um hambúrguer para almoçar. Tirou foto com fãs e funcionários da loja e só lamentou não poder convidar o amigo Ronaldo para a refeição. "Ele está de dieta e precisa perder peso. Quem sabe ele nãoo emagrece e volta a jogar bola", brincou.

Em evento nesta segunda, Anderson Silva até preparou hambúrguer
Em evento nesta segunda, Anderson Silva até preparou hambúrguer
Foto: Marcus Vinícius Pinto / Terra
Fonte: Terra
publicidade