0
MMA

UFC anuncia que lutadores usarão uniformes em 2015

2 dez 2014
15h20
atualizado às 15h34
  • separator
  • comentários

O UFC anunciou na tarde desta terça-feira um contrato grandioso com a marca esportiva Reebok. A parceria inovadora chega para promover o uso de uniformes pelos atletas da organização, a partir de julho de 2015, além de fazer com que os atletas da franquia lucrem com toda e qualquer venda relacionada a seu nome, recebendo 20% das vendas com seu nome envolvido. O acordo pretende produzir materiais esportivos relacionados ao evento e aos lutadores. O contrato é de seis anos de duração.

Roupas do lutadores só terão marca da Reebok
Roupas do lutadores só terão marca da Reebok
Foto: Divulgação

Empolgado com o acordo, Dana White, presidente da organização, comemorou o acerto e explicou que os lutadores receberão parte dos lucros obtidos com as vendas dos produtos da parceria.

"Esse é o maior acordo fora da televisão que já fizemos e todo dinheiro que fizermos vai para os lutadores. Todo o dinheiro. Todo o dinheiro que fizermos em seis anos vai para os lutadores. Tudo o que vendermos com o nome de um lutador, ele recebe 20% do lucro", explicou o mandatário.

O acordo tem informações importantes para os lutadores. A partir do início do uso dos uniformes, os atletas não poderão mais usar estampas de seus patrocinadores durante a semana de suas lutas e muito menos praticar o uso dos famosos banners, usados durante as apresentações de cada atleta antes dos combates dentro do octógono. De acordo com Dana, os atletas têm gostado da novidade: "praticamente todos atletas com quem conversei estão muito animados com isso. Eu realmente não tive nenhum feedback negativo, de ninguém".

Ao início da semana de cada luta, os lutadores poderão escolher um determinado uniforme em uma seleção previamente oferecida. Serão elaborados vestuários exclusivos para a "Fight Week", "Kit Fight Night", bem como equipamentos para os fãs do UFC, tudo em conjunto com o UFC e seus atletas

Além disso, o ranking da organização será determinante para saber quanto o lutador vai receber. O campeão de cada categoria vai ganhar uma certa quantia. Já os atletas que ocupam da primeira à quinta posição, outro valor. Aqueles entre a sexta e a décima, outro. E o restante uma porcentagem inferior.

A Reebok pretende criar valor, a longo prazo, na marca e em seus atletas. Além disso, ela está investindo em pesquisa e desenvolvimento de equipamentos e acessórios projetados especificamente para atletas de MMA.

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade