Lutas

publicidade
27 de maio de 2012 • 03h28 • atualizado às 03h52

Próxima defesa de Cigano pode ser nova luta contra Velásquez

Velásquez pode ter sua revanche contra Cigano
Foto: Getty Images
 

Após vitória incontestável sobre Frank Mir, o interesse dos fãs de Junior "Cigano" dos Santos é descobrir quem será o próximo adversário do brasileiro. Neste sábado o pesado derrotou o veterano americano e confirmou a manutenção de seu cinturão. E o desafiante seguinte pode ser justamente o antigo campeão da categoria do UFC.

» Veja o novo comercial protagonizado por Anderson Silva e Steven Seagal
» Confira a história de cada combate presente na nova abertura do UFC

Cain Velásquez, que perdeu o cinturão para Cigano em novembro de 2011, também esteve presente no evento 146, em Las Vegas, e conseguiu uma vitória incontestável sobre o brasileiro Antonio "Pezão" Silva. A boa forma do americano de origem mexicana animou o presidente do UFC, Dana White.

"É uma boa ideia, eu gostaria", disse o dirigente da franquia após a vitória de Cigano. Velásquez estava invicto em sua carreira até enfrentar o brasileiro, que venceu a luta no primeiro round em 3min36s. Contra Pezão, o americano venceu com facilidade e fez estrago no rosto do adversário.

Premiados

Quatro lutadores deixaram o UFC 146 com prêmios de US$ 70 mil (cerca de R$ 140 mil). A entidade destinou extras a Roy Nelson e Dan Hardy por nocaute da noite, estes ocorridos em vitórias sobre Duane Ludwig, respectivamente.

Quem também saiu com um bônus foram Stipe Miocic e Paul Sass, premiados como melhores finalizações da noite. Curiosamente não houve láurea para melhor luta da noite.

Terra Terra