0

Rival ironiza "propaganda", e Cigano responde: punhos falam por mim

17 mai 2012
15h53
atualizado às 15h59

A troca de farpas entre Júnior "Cigano" dos Santos e Frank Mir continuou nesta quinta-feira. Em entrevista que antecede o UFC 146, em 26 de maio, quando os dois vão se enfrentar pelo cinturão dos pesos pesados, o lutador americano ironizou as recentes declarações do brasileiro de que ele "não era homem" e desistia fácil.

» Confira a história de cada combate presente na nova abertura do UFC

"Junior é melhor no octógono que para vender luta, não tem muita experiência nisso", disse Mir. "Não dou muita bola e foco no que tenho que fazer, não vou ficar olhando para o que ele falou. Acho que é só propaganda".

Questionado sobre se o que havia dito sobre Mir era o que realmente sentia ou se havia feito as declarações só para promover o combate, Cigano não mudou o discurso. O catarinense reforçou o que pensa sobre o atleta americano, considerado um dos maiores especialistas em jiu-jitsu na divisão dos pesados do UFC.

"Eu não promovo a luta falando, o que eu falei sobre o Frank Mir é o que eu realmente quis dizer, eu garanto. O que quis dizer é que ele não tem coração para sair de uma situação difícil na luta, é mais complicado para ele, eu confirmo isso. Eu não gosto de vender a luta falando besteira, eu deixo os meus punhos falarem por mim no dia da luta", ameaçou.

Frank Mir virou desafiante ao cinturão de Cigano depois que o holandês Alistair Overeem foi retirado do combate por ter sido pego em um exame antidoping. Será a primeira defesa de título do brasileiro desde que ele nocauteou o ex-campeão Cain Velasquez no primeiro round, em novembro de 2011.

Júnior Cigano disse que Mir "não tem coração" para sair de situações difíceis
Júnior Cigano disse que Mir "não tem coração" para sair de situações difíceis
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Terra
publicidade