0

Treinando até na água, A. Silva prevê luta "engraçada" com Belfort

27 jan 2011
18h39
atualizado às 20h17

Após a histórica luta com o americano Chael Sonnen, que terminou com a manutenção do cinturão dos médios, o brasileiro Anderson Silva volta ao octógono do UFC 126 na madrugada do próximo dia 6 de fevereiro para manter seu título. O desafiante será o compatriota Vitor Belfort, e o atual campeão prevê uma disputa "engraçada".

"Como será, só dá para saber na hora da luta. Mas vai ser engraçado, como sempre", disse Anderson em entrevista a jornalistas do mundo inteiro. O lutador ainda comentou sobre como está seu treinamento, ressaltando que se prepara em todos os modos possíveis.

"Estou treinando em pé, no chão, deitado, de lado, com os pés em cima da parede, dentro d'água, soltando bexiga", explicou, usando seu bom humor.

Animado, o brasileiro usou o português para responder aos repórteres. Questionado se sente-se pressionado para a luta com Belfort, Anderson retrucou com uma brincadeira: "acabei de checar minha pressão, está normal (risos)".

O fato de ser uma luta entre brasileiros foi destacado pelo campeão dos médios como um possível sinal de que o País tem os melhores do mundo na categoria. "Ou somos realmente os melhores no esporte ou não tem outros lutadores do mundo com qualidade para lutar por esse cinturão", analisou.

Durante a luta com Chael Sonnen, Anderson enfrentou dores devido a uma lesão na costela, mas venceu a disputa por finalização nos segundos finais. O brasileiro ficou várias semanas se recuperando após o evento, ocorrido no UFC 117, em agosto de 2010.

A luta com Belfort ocorrerá na madrugada de 6 de fevereiro, a partir das 1h (de Brasília), em Las Vegas, nos Estados Unidos, com transmissão por pay-per-view. "É uma luta bastante esperada, assim como todas as outras de título. Lutar contra um brasileiro é complicado", afirmou Anderson.

Recuperado do confronto com Chael Sonnen, Anderson Silva enfrenta Vitor Belfort
Recuperado do confronto com Chael Sonnen, Anderson Silva enfrenta Vitor Belfort
Foto: AP
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade