publicidade
27 de maio de 2012 • 00h35 • atualizado às 08h45

Velásquez se recupera de derrota para Cigano e massacra Pezão

Pezão foi arrasado por Cain Velásquez no UFC 146
Foto: Getty Images
 

Cain Velásquez perdeu o cinturão do peso pesado do UFC para o brasileiro Junior Cigano em novembro de 2011 em sua primeira defesa de cinturão. Neste sábado, em Las Vegas, pelo UFC 146, o americano de origem mexicana teve a oportunidade de reiniciar seu rumo em busca de retomar o título e demonstrou porque é um dos melhores da categoria. Enfrentando o brasileiro Antonio "Pezão" Silva, Velásquez obteve um nocaute técnico espetacular.

» Veja o novo comercial protagonizado por Anderson Silva e Steven Seagal
» Confira a história de cada combate presente na nova abertura do UFC

O americano dominou a luta e massacrou o brasileiro, fazendo um banho de sangue no octógono. Este foi o segundo principal evento da noite, que tem como grande confronto a primeira defesa de Cigano - o adversário é o americano Frank Mir.

Pezão buscou a trocação no início do primeiro round, mas viu Velásquez puxar sua perna e leva-lo para o chão. O americano a partir daí dominou o brasileiro, mantendo-o embaixo e abrindo o supercílio do adversário. O estrago foi tão grande que o árbitro precisou interromper a luta para limpar o sangue de Pezão, que jorrava no octógono.

Com o rosto ligeiramente mais limpo, a luta e o massacre tiveram reinício. Velásquez seguiu castigando o rosto do brasileiro, que se mantinha indefeso no chão. Com 3min36s do primeiro round, a luta foi interrompida e foi determinada a vitória por nocaute técnico.

Terra