Mundial de Futsal 2008

› Esportes › Mais Esportes › Mundial de Futsal › Mundial de Futsal 2008

Mundial de Futsal 2008

Sexta, 17 de outubro de 2008, 09h07 Atualizada às 08h27

Fifa: gol espanhol foi marcado antes de tocar a sirene

A Fifa divulgou um comunicado oficial, na noite da última quinta-feira, para explicar a polêmica decisão do árbitro cubano Antonio Alvarez, que validou o terceiro gol da Espanha no duelo contra a Itália, pela semifinal do Mundial de Futsal, no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

» Fifa se inocenta e culpa árbitro no lance do gol
» Após gol contra, Foglia diz que ficará sem dormir
» Técnico italiano discute com porta-voz da Fifa

De acordo com a entidade, o gol que definiu a classificação dos atuais bicampeões mundiais foi marcado antes da sirene que sinaliza o fim do tempo de jogo soar, o que não caracterizaria o término da partida.

O gol contra foi marcado pelo italiano Adriano Foglia, no segundo tempo da prorrogação.

Leia na íntegra, o comunicado oficial da Fifa:

O gol da Espanha contra a Itália

Neste dia 16 de outubro de 2008, no Rio de Janeiro, a partida número 54 "a semifinal entre Espanha x Itália (3 a 2 após prorrogação)" causou muitas discussões devido ao terceiro gol espanhol. O gol contra anotado pelo nº 10 da Itália Adriano Foglia aconteceu no último segundo do segundo tempo da prorrogação. O árbitro Antonio Alvarez, de Cuba, indicou imediatamente que o gol a favor da Espanha era válido. Enquanto isso, a equipe italiana permaneceu argumentando que a bola havia cruzado a linha do gol depois de o relógio já estar anotando 0,0 segundos.

Devido à situação tumultuada dentro da quadra de jogo e nos seus arredores e por razões de segurança, o árbitro, o segundo árbitro, o terceiro árbitro e o cronometrista decidiram retornar ao vestiário antes de reiniciar a partida.

Depois do terceiro gol espanhol, o cronometrista Asselam Khan (Moçambique) parou o cronômetro. A sirene soa automaticamente quando o tempo de jogo está encerrado, sem intervenção direta do cronometrista. O fato de a sirene não ter soado prova que a partida não estava encerrada quando o gol foi anotado.

Quando a ordem foi restabelecida, e depois que a partida foi reiniciada, a sirene automática pôde ser ouvida por todos os presentes no ginásio do Maracanãzinho.

FIFA Communications & Public Affairs Rio de Janeiro, 16 de Outubro de 2008.

Lancepress!

Busque outras notícias no Terra