0

Governo do DF confirma cancelamento da prova do Brasil de MotoGP

29 jan 2014
12h32
atualizado às 12h52
  • separator
  • comentários

O Governo do Distrito Federal confirmou nesta quarta-feira que a disputa do Grande Prêmio do Brasil de MotoGP, que aconteceria em Brasilia, foi cancelada, mas que seguirá as obras de reforma da instalação para fazer parte do calendário de 2015 da competição.

<p>Bras&iacute;lia n&atilde;o ter&aacute; a chance de ver pilotos como Jorge Lorenzo em 2014</p>
Brasília não terá a chance de ver pilotos como Jorge Lorenzo em 2014
Foto: AFP

"Após o término da etapa de estudos técnicos para reforma do Autódromo Internacional de Brasília Nelson Piquet, a conclusão foi a de que não haverá tempo hábil para receber a etapa de setembro do Mundial de MotoGP, em 2014, em razão da complexidade das obras para elevar o espaço atual a um padrão internacional de competições", informou a coordenadoria de comunicação para a Copa (ComCopa).

Ainda segundo a ComCopa, órgão do governo do Distrito Federal que responde questões sobre as obras, a intenção é ter o autódromo inteiramente adequado para receber a disputa no ano que vem.

"A reforma também credencia o espaço a receber outras grandes competições internacionais. Por isso, o autódromo possui projeto complexo, que altera o traçado do circuito de forma significativa, além de modificar áreas de boxes, paddocks, sinalização, espaço para imprensa e alimentação, entre outras adequações", diz a nota.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, anunciou no ano passado a realização da prova, que seria a primeira no país desde 2004. Logo depois, a organização da MotoGP divulgou calendário confirmando a disputa do GP do Brasil.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade