> Esportes > Eliminatórias Mundial 2006 > Paises Participantes  > Brasil  
Eliminatórias em:
Brasil
Domingo, 4 de setembro de 2005, 18h50  Atualizada às 23h53
Zagallo diz que superstição do 13 ajudou o Brasil
 
Reuters
Brasil comemora um dos gols da equipe
Veja também:
Enquete

Qual dos quatro atacantes do Brasil teve a melhor atuação?

Adriano
Kaká
Robinho
Ronaldo

Notícias
» Confira a Classificação
» Saiba quem são os artilheiros
Multimídia
Galerias de fotos
» Veja fotos da partida
» Veja fotos da torcida
Áudio e vídeo
» Parreira: 'Nossa caminhada nas Eliminatórias foi fácil'
» Veja a íntegra da coletiva de Carlos Alberto Parreira
» Na Seleção, briga é para conquistar vaga no elenco
» Aliviado, Brasill sonha com o primeiro lugar nas Eliminatórias
» Seleção vibra com exibição de gala
Sites Relacionados
» Opine: Qual deve ser o time titular do Brasil na Alemanha?
Últimas de Brasil
» Ausência do Uruguai na Copa surpreende Zagallo
» Edmílson festeja volta à Seleção e espera vaga
» Parreira elogia atuação dos reservas da Seleção
» Finalizações certas levaram Seleção à goleada
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O coordenador-técnico da Seleção Brasileira, Mario Jorge Lobo Zagallo, voltou a acompanhar o Brasil dentro de campo e ratificou a presença da superstição do 13 na classificação da equipe para o Mundial, após a vitória por 5 a 0 sobre o Chile, neste domingo.

  • Confira como foi a partida
  • Veja fotos da partida
  • Confira a classificação
  • Opine: Qual deve ser o time titular no Mundial?
  • Vídeo: Parreira diz que caminhada foi fácil
  • Jogadores brigam por vaga no time
  • Confira todos os vídeos da Seleção Brasileira

    "Esse jogo contra o Chile era o jogo decisivo. Hoje podemos falar que já estamos com o pé na Alemanha. E só para lembrar, a palavra classificação tem 13 letras. Além disso, hoje é dia 4 do 9 (setembro), que somados dão 13", lembrou Zagallo.

    O pentacampeão do mundo aproveitou para agradecer todas as pessoas que lhe mandaram palavras de apoio durante sua recuperação. Zagallo teve de passar por uma cirurgia para desobstruir o duodeno e ficou um mês internado no hospital.

    "Quero agradecer publicamente pelos e-mails, pelo apoio que recebi de todo o Brasil. Estou aqui, mais magro, mas vou me recuperar, vou recuperar minha energia", disse o coordenador.


     

  • Redação Terra