0

Federer e Nadal podem duelar nas quartas de final em Cincinnati

15 ago 2015
17h50
  • separator
  • comentários

Roger Federer deverá ter um caminho complicado rumo ao heptacampeonato do Masters 1000 de Cincinnati, que começa na próxima segunda-feira, dia 17. Isso porque o espanhol Rafael Nadal, nono colocado no ranking mundial, caiu na mesma chave do suíço, podendo os dois se encontrar na fase de quartas de final. Caso avance, o tenista da Basileia corre o risco de ter outra pedreira pela frente: o britânico Andy Murray (3º).

Rivais há mais de uma década, desde 2004, Federer e Nadal já se enfrentaram 33 vezes, com retrospecto amplamente favorável para o espanhol: 23 vitórias. O último embate ocorreu nas semifinais do Aberto da Austrália de 2014, quando o canhoto de Mallorca venceu por 3 sets a 0.

Já o histórico contra Murray é bem mais favorável para o suíço. Federer venceu 13 dos 24 jogos que mediu forças com o britânico. Dois desses triunfos, inclusive, se deram em Cincinnati: em 2009, pelas semifinais, e no ano passado, nas quartas.

O mais recente encontro foi em Wimbledon, em julho, quando o número 2 do mundo despachou o tenista da casa em três sets, alcançando a decisão que seria perdida para Novak Djokovic. O sérvio, por sua vez, pode se esbarrar com o suíço Stanislas Wawrinka (5º) nas quartas em Cincinnati, encontro que reeditaria a final de Roland Garros de 2015.

Previamente classificado à segunda rodada, Roger Federer fará sua estreia contra o espanhol Roberto Bautista Agut (20º) ou o uruguaio Pablo Cuevas (31º). Já Nadal espera o vencedor do duelo entre o norte-americano Rajeev Ram (89), campeão recente em Newport, ou o francês Jeremy Chardy (49º).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade