2 eventos ao vivo

Pernambucano "esvazia" e tem Náutico contra pequenos no 1º turno

19 jan 2013
07h00
atualizado às 07h00
  • separator
  • 0
  • comentários

O primeiro turno tem início neste domingo, mas não irá influenciar em quase nada o Campeonato Pernambucano, que começa pra valer quando Salgueiro, Santa Cruz e Sport entrarem na disputa. A Federação Pernambucana de Futebol alterou o regulamento e criou um torneio que parece ter sido elaborado para minimizar o prejuízo do único representante do Estado na elite do Brasileiro, já que o Náutico foi o quarto colocado ano passado e não conseguiu vaga na Copa do Nordeste.

Sem Sport e Santa Cruz, Náutico é principal time do 1º turno. Time manteve a base e jogadores como Kieza
Sem Sport e Santa Cruz, Náutico é principal time do 1º turno. Time manteve a base e jogadores como Kieza
Foto: Aldo Carneiro Costa / Gazeta Press

Os nove times que disputam o primeiro turno disputam uma vaga na Copa do Brasil da próxima temporada e os melhores terão também a vantagem de ter um mando de campo a mais que os restantes, assim como os times que disputam a Copa do Nordeste, na segunda etapa. Mesmo o campeão da etapa inicial pode ser rebaixado já que neste Estadual o que vale realmente são os jogos após a Copa do Nordeste. Dos 12 que disputam o segundo turno sairão os quatro classificados para as semifinais, que assim como a final será disputada em partidas de ida e volta.

Dos nove times que disputam o campeonato todo só Central e Náutico já venceram um turno. Mas é difícil apontar um favorito entre os times do interior, já que mesmo disputando os primeiros jogos com time misto o time alvirrubro parece ser o elenco mais equilibrado mesmo incluindo os rivais da capital e o Salgueiro. O time do treinador Alexandre Gallo manteve boa parte da base que fez uma boa campanha no Brasileiro do ano passado e está fazendo uma pré-temporada de quase 30 dias, para chegar tinindo no Pernambucano e nos demais torneios do primeiro semestre.

O bicampeão Santa Cruz mudou de treinador (saiu Zé Teodoro e assumiu o posto Marcelo Martelotte), mas aposta na mesma receita de um time baseado em jogadores formados no Arruda. Mesmo com a saída de atletas importantes como o centroavante Dênis Marques e o meia Weslley, a torcida coral aposta na força de Renatinho, Everton Senna e nos garotos que fizeram uma boa campanha na Copa São Paulo de Futebol Junior, onde o time venceu seus três compromissos na primeira fase e foi eliminado em partida equilibrada contra o São Paulo (que até agora só venceu no torneio).

Vindo de um rebaixamento para a Série B no Brasileiro, o Sport foi o clube que fez as maiores contratações. Os zagueiros Gabriel, Mateus e Maurício vieram para tentar solucionar o problema defensivo do time rubro-negro. Mas o técnico Vadão espera contar também com a experiência do goleiro Magrão, do meia Hugo e do lateral-direito Cicinho. Para o ataque, após a saída de Gilberto, chegaram os reforços de Marcos Aurélio e Roger, mas o Leão ainda quer pelo menos mais um atleta para a posição.

Santa Cruz e Sport terão confrontos difíceis pela Copa do Nordeste e chegarão na segunda fase já testados, mas o Náutico terá oportunidade de ter uma preparação mais gradual. Dificilmente um dos três grandes ficará fora das semifinais, mas o tricampeão foi o que sofreu uma reformulação mais radical e pode sofrer especialmente no início do semestre. Já o Salgueiro tentará repetir a boa campanha do ano passado, quando conseguiu tirar o Náutico da Copa do Nordeste.

Com um time jovem, o Porto volta a apostar na fórmula de revelar bons atletas e quem sabe beliscar uma vaga nas semifinais. O rival caruaruense, Central, quer voltar a disputar um torneio nacional: Série D ou Copa do Brasil. É o principal objetivo também de Petrolina, Belo Jardim, Chã Grande, Pesqueira, Serra Talhada e Ypiranga. Mas quem sabe não é dessa vez que o Pernambucano deixa de ser uma disputa entre os três grandes do Recife.
 

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Fonte: Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade