0

Ponte Preta tenta quebrar tabu histórico contra o Náutico

5 jul 2013
22h27
atualizado às 22h27
  • separator
  • 0
  • comentários

“Tabu foi feito para ser quebrado”. É com esse pensamento que a delegação da Ponte Preta embarcou na última quinta-feira para Recife, onde vai enfrentar o Náutico no sábado, às 18h30, na Arena Pernambuco, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Atuando como visitante, o time campineiro jamais conquistou uma vitória.

Carpegiani faz sua estreia no comando da Ponte
Carpegiani faz sua estreia no comando da Ponte
Foto: Guilherme Dorigatti/PontePress / Divulgação

Até aqui, Náutico e Ponte Preta já se enfrentaram sete vezes em Recife, sendo quatro vitórias alvirrubras e três empates. A última partida dos dois na capital pernambucana foi durante o Brasileiro do ano passado e o Náutico goleou a Ponte, por 3 a 0, no Estádio dos Aflitos. No segundo turno, em Campinas, vitória campineira, por 2 a 1.

Mas nem mesmo o retrospecto negativo diante do adversário fora de casa deixa Paulo César Carpegiani preocupado. O treinador, que faz sua estreia no comando da Ponte Preta neste sábado, garante que o torcedor campineiro vai ver um time pressionando o Náutico e buscando a vitória durante os 90 minutos. Afinal, esse é o único resultado que importante para o lanterna do Brasileiro.

“As minhas equipes não mudam de acordo com o adversário, seja em casa ou fora, a obrigação de ganhar é a mesma. Nem sempre se vence, mas eu prefiro sempre correr o risco de buscar a vitória. Acredito que hoje estamos preparados para buscar um resultado e temos a obrigação de ir lá e ganhar”, afirmou Carpegiani, que definiu os 11 titulares em um treinamento realizado na manhã desta sexta-feira.

Na lateral direita, Artur entra no lugar de Cicinho, negociado com o Santos, enquanto Diego Sacoman será o novo companheiro de Ferron, já que o titular Cléber não faz mais partes dos planos e está próximo de ser anunciado como reforço do Corinthians. No meio-campo, Magal ganhou a disputa com Paulo Roberto e forma o setor junto com Baraka e Ramirez. O trio ofensivo será formado por Chiquinho, Rildo e o artilheiro William.

No 4-3-3, a Ponte Preta deve enfrentar o Náutico com a seguinte formação: Roberto; Artur, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Magal e Ramirez; Chiquinho, Rildo e William. O time campineiro tem apenas três pontos somados nas primeiras cinco rodadas.

Fonte: André Regi Esmeriz - Especial para o Terra André Regi Esmeriz - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade