0

Willian Rocha fica mais longe do Náutico; clube procura outro lateral

5 ago 2013
17h57
atualizado às 17h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Willian Rocha foi aprovado nos exames, mas não deve atuar pelo Náutico. Problema foi entre dois empresários</p>
Willian Rocha foi aprovado nos exames, mas não deve atuar pelo Náutico. Problema foi entre dois empresários
Foto: Simone Vilar / Clube Náutico Capibaribe

Depois de ter sua apresentação adiada na semana passada e de não estar presente hoje, na entrevista em que foi apresentado somente o lateral-direito Oziel, o zagueiro e lateral esquerdo Willian Rocha está praticamente descartado pela diretoria do clube, que ocupa a lanterna da Série A do Brasileiro com sete pontos.

A diretoria do Náutico explicou que procurou Willian, que se colocou à disposição e foi aprovado nos exames, mas passou um contato com procurador chamado “Gilvan” e que outro empresário também teria parte dos direitos do jogador.

“O atleta pediu por tudo que a gente aguardasse um pouco porque ele quer ficar no Náutico. Ele encontrou aqui colegas e um excelente ambiente de trabalho”, ressaltou o diretor de futebol Marcílio Salles, admitindo que vê pouca possibilidade do negócio vir a ser concretizado agora.

“Na hora de assinar o contrato surgiu um outro empresário que se sentiu ofendido e não quis liberar o atleta”, explicou o dirigente. Ele garante que o Náutico, caso não confirme a contratação de Willian, seguirá em busca de um lateral-esquerdo marcador, para atuar quando o time estiver jogando com apenas dois zagueiros. Outro atleta da posição, Eltinho é visto como um ala e o Náutico dispõe ainda de um jogador que subiu recentemente das categorias de base.

O dirigente disse que ouvir o treinador Zé Teodoro afirmar que o clube ainda procura um cabeça de área e outro atacante, mas lembrou que o mercado está “restritivo”, deixou claro que o time busca com urgência somente o substituto de Willian Rocha e disse que ainda espera a estreia de jogadores como Diego Morales, que deve estar regularizado no prazo máximo de dez dias.

Diretor de futebol, Marcílio Salles (direita) explicou confusão na negociação de Willian Rocha
Diretor de futebol, Marcílio Salles (direita) explicou confusão na negociação de Willian Rocha
Foto: Eduardo Amorim / Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra

 

Veja também:

Os maiores artilheiros estrangeiros da história do Vasco
Fonte: Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade