inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Sem estrear, Giovanni rescinde contrato com o Sport

28 de abril de 2007 22h44

Como era de se esperar, o meia-atacante Giovanni, maior contratação do Sport para a disputa do Brasileiro deste ano, deixou a Ilha do Retiro neste sábado, sem ter estreado com a camisa rubro-negra.

» Veja as últimas do Sport

O jogador tomou esta decisão porque não viu motivo para ficar no Sport, depois que o treinador Alexandre Gallo, que o indicou, pediu demissão para dirigir o Internacional. O meia-atacante foi parceiro do técnico quando os dois jogavam no Santos, clube no qual conquistaram o vice brasileiro de 1995.

Giovanni atraiu todos os holofotes da imprensa pernambucana, ao discursar sobre seu interesse de jogar num clube em fase crescente e pelo seu desejo de, ao menos, conquistar uma das vagas para a Libertadores de 2008. No entanto, mudou de idéia.

"Ele me telefonou e pediu para ser desligado do clube. Todos nós sabíamos que ele só veio para o Sport por conta de sua amizade com Gallo. Ele pagará a rescisão de contrato e também pediu desculpas", disse o diretor de futebol do Sport, Homero Lacerda.

Por conta da demissão de Alexandre Gallo, a diretoria do Sport ainda está em busca de um novo treinador. Os nomes de Vagner Mancini e Emerson Leão são os mais cotados na Ilha do Retiro. Pintado, do Noroeste, também pode aparecer em Recife.

"Tanto Vagner Mancini quanto Leão são ótimas opções para o Sport, pois se encaixam em nosso perfil de trabalho. Mas não quero iludir a torcida. Vamos divulgar o nome do novo técnico na próxima segunda-feira", prometeu Homero Lacerda.

Lancepress!