inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Criciúma negocia jogadores com a China

05 de fevereiro de 2003 08h35

Direto de Florianópolis - O presidente do Criciúma, Moacir Fernandes, confirmou o empréstimo por um ano do zagueiro Samuel e do atacante Anderson Lobão, ambos reservas, para o futebol da China.

O problema é que os jogadores não estão dispostos a ir trabalhar no continente asiático.

?Jogador de 29 anos (Samuel) que recusa uma proposta mensal de oito mil dólares não serve para trabalhar comigo?, disse Fernandes.

Anderson Lobão receberia cinco mil dólares por mês. Pelo empréstimo o Criciúma levaria cerca de cem mil dólares, principal motivo para a irritação de Fernandes.

Já o técnico Abel ganhou pelo menos dois desfalques para o jogo do próximo domingo, em Ibirana, contra o Atlético. O lateral Paulo Baier e o volante Cléber Gaúcho, que foram expulsos na partida contra o Figueirense.

Redação Terra